Por que as leis trabalhistas prejudicam o trabalhador?

Nossas leis trabalhistas estão reunidas na chamada CLT. Foram inspiradas na Carta del Lavoro do fascismo italiano e surgiram em nosso país na ditadura de Vargas, da mesma maneira que surgiram na Argentina na ditadura peronista. A nossa Constituição de 1988 sancionou as leis laborais de Vargas; nos dois casos impera a visão paternalista do legislador, […]

Leia mais

Mentiras, mentiras e mais mentiras

“A verdade é incontestável. A Malícia pode atacá-la, a ignorância pode ridicularizá-la, mas, no final, lá estará ela.”  Winston Churchill A capacidade do Governo Dilma de dizer mentiras e tentar engabelar os brasileiros parece não ter fim.  Depois de reeleger-se praticando o maior estelionato eleitoral de que se tem notícia, a vossa presidenta e seus […]

Leia mais

Zonas de Comércio, Zonas Monetárias e o caso da Grécia: lições da teoria econômica – Rubem Novaes

(Palestra proferida perante o Conselho Técnico da CNC em 17/11/2015)  I – INTRODUÇÃO A Economia é chamada por alguns de “Dismal Science” (ciência lúgubre) por lidar com a escassez, ou seja, com a confrontação de desejos ilimitados, de um lado, e recursos finitos, de outro. A insatisfação, a frustração de desejos, é a regra. Por […]

Leia mais

Sonhos, morte e esperanças

Os milhares de imigrantes sírios e de outras nacionalidades do Oriente Médio que cruzam a fronteira oriental com a União Europeia para chegarem à Alemanha estão descobrindo o que significa “solidariedade”. Depois de dias e noites enfrentando o perigoso mar e andando de país em país em busca de refúgio, a Alemanha abriu-lhes as portas. […]

Leia mais

A idade das revoluções na formação do Brasil

Com este título instigante teve lugar em Petrópolis, no Hotel Solar do Império, de 9 a 12 de Abril, um colóquio patrocinado pelo Liberty Fund. Participaram: Sandra Axelrud Saffer (da Axellrud Arquitetura & Assessoria SS Ltda., como Diretora do evento), João Carlos Espada (Diretor do Instituto de Estudos Políticos da Universidade Católica Portuguesa, Lisboa, como […]

Leia mais

Contribuições para a reforma política

[…] ninguém favorável à democracia pode ser coerentemente contra a pluralidade de ideologias políticas e de partidos […]. Mas assim como é difícil concebermos 39 ideologias políticas distintas, é difícil concebermos 39 partidos que as representem. Segundo penso, a primeira coisa a ser feita numa reforma política é a instauração de uma Cláusula de Barreira, […]

Leia mais

Eduardo Giannetti e o autoengano

“O Estado só poderá se minimizar quando o mercado for minimamente civilizado”, li no Facebook, numa das poucas vezes que o acessei durante o feriado de carnaval. Pensei em responder… “O Estado nunca irá se minimizar por iniciativa própria. Seus agentes precisam dele grande e gordo. A sociedade é que precisa pressioná-lo neste sentido. Quanto […]

Leia mais

Faz sentido falar de neoliberalismo? – Parte 2

Esse artigo é uma continuação de Faz sentido falar de neoliberalismo? Parte 1. James Buchanan e seus colegas de atividades que conceberam a Escola das Escolhas Públicas (Public Choice) ajudaram-nos a religar economia e política, esclarecendo-nos a respeito de várias relações entre ambas. Esclarecendo-nos sobretudo sobre o vínculo da democracia com a economia de mercado, e […]

Leia mais

Faz sentido falar de neoliberalismo? – Parte 1

Conforme tratarei de argumentar a seguir, a meu ver faz sentido falar-se em neoliberalismo. Mas não é no sentido em que o uso do vocábulo se tornou popular. Sua popularização é fruto da campanha difamatória movida internacionalmente pelos inimigos da liberdade contra a evidência histórica cada vez mais clara de que é a economia de […]

Leia mais

A ilusão da Reforma Agrária, um conceito vazio e irresponsavelmente utilizado

“Reforma Agrária” é hoje um conceito vazio, degradado pelo uso irresponsável que dele fez a demagogia da esquerda durante tanto tempo em praticamente todos os países do Terceiro Mundo. Entre nós, após um período de enganosa aposentadoria, ressurgiu com renovado furor histérico nas atividades criminosas do MST, com o apoio ostensivo da extensa esquerda da […]

Leia mais

Por que a regulamentação econômica pode ser muito ruim para a sociedade?

Regulação ou regulamentação significa imposição de regras, normas ou leis. Ela se dá, então, por via legislativa ou administrativa. Desregulmanetação corresponde à redução ou eliminação das normas existentes. No caso brasileiro, propor uma redução das regras vigentes equivale a reconhecer que elas superabundam entre nós, aumentando desnecessariamente os custos de transação, engessando os mercados, deformando a […]

Leia mais

Corrupção: um dado do problema

O noticiário sobre corrupção passou a fazer parte do nosso dia a dia. Já nem deveria causar surpresa ou disputar os custosos espaços dos jornais ou das televisões. Mas ainda desperta interesse, talvez mais pelos nomes das pessoas envolvidas do que necessariamente pela própria corrupção. O surpreendente não deveria ser a corrupção, e sim a […]

Leia mais

Introdução ao Liberalismo: Diferenças entre o processo democrático e a ordem liberal

A democracia e o liberalismo têm objetivos diferentes: a primeira está preocupada com o problema de quem deve ocupar os poderes coercitivos do Estado, que devem ser do povo e exercidos indiretamente por seus representantes; os liberais estão mais preocupados em reduzir os poderes do Estado. Daí a importância capital que os democratas dão à […]

Leia mais

Os quatro fundamentos do Islamismo

Como se sabe, o islamismo, por sua própria formação, recusa-se a ser uma religião universal. Digo isto porque penso que uma religião universal deve reconhecer que todos os homens são iguais perante Deus. Complementou esse princípio religioso o princípio de igualdade jurídica, de acordo com o mesmo todos os homens são iguais perante a lei. […]

Leia mais

Indivíduo e Comunidade

“Comunidade” não é um eufemismo para “favela”, como propõe a linguagem politicamente correta, embora uma favela possa ser considerada um tipo de comunidade constituída de indivíduos de menor poder aquisitivo e abandonada pelo poder público. Um mosteiro com monges dedicados à oração ou mafiosos reunidos para fins deletérios também são comunidades, não importando os laços […]

Leia mais

“’Uma Multidão de Coisas’, Dilema Decisório e Custo da Crise”

JORGE VIANNA MONTEIRO* I.  O FATO DA CONJUNTURA Talvez um erro fundamental em que analistas da trajetória econômica brasileira incorrem seja pressupor que deveríamos ir adiante tão bem quanto vão bem outras economias. Se as comparações já não se sustentam no subgrupo dos BRICS (balaio-de-gatos de sistemas políticos ditatoriais e populosos contingentes de castas sociais […]

Leia mais

O sapo na panela

Rubem de Freitas Novaes, O Globo Nossa história é fértil em exemplos de barbeiragens na condução da política econômica, todas elas causadoras de expressivos custos para a população. Para ficar apenas no passado mais recente, podemos aqui relembrar do congelamento de preços do Plano Cruzado, do sequestro de ativos financeiros do Plano Collor, da banda […]

Leia mais

O idiota latino-americano

FRANCISCO LACOMBE * É incrível como a América Latina, com tanto potencial, parece fazer tudo para evitar o desenvolvimento econômico. A explicação clara, completa e insofismável está no livro: Manual do Perfeito Idiota Latino-Americano de Plínio Apuleyo Mendonza (colombiano), Carlos Alberto Montaner (cubano) e Alberto Vargas Llosa (peruano). O problema é, em grande parte, psicológico. […]

Leia mais

De mais… e de menos

ARTHUR CHAGAS DINIZ * Venezuela: partido de Maduro vence eleições municipais, mas perde terreno para oposição Os venezuelanos realizaram, ontem, eleições municipais em 23 estados, além de Caracas. Nove meses depois de sua morte, Hugo Chávez parece ser o grande eleitor da situação. A turma de Nicolás Maduro trata a eleição como se Chávez ainda […]

Leia mais

Como o governo se esforça para impedir o crescimento da renda

FRANCISCO LACOMBE * Inúmeras medidas do governo, revestidas pelo manto de igualdade social, impedem o crescimento da renda do País. Vejamos alguns exemplos. 1.    A REFORMA AGRÁRIA (sic) Algumas propriedades são desapropriadas pelo INCRA por não terem atingido os índices mínimos de produtividade exigidos. Nessas propriedades são assentados inúmeros sem-terra. Até hoje não se fez […]

Leia mais

Conferências do IL – Acervo offline

As seguintes conferências não estão disponíveis online e devem ser consultadas no acervo físico do Instituto Liberal: O papel do Estado nas sociedades livres Walter E. Williams Proteção constitucional aos direitos econômicos e de propriedade Bernard H. Siegan Correntes do pensamento econômico Donald Stewart Jr. Algumas reflexões sobre os liberalismos contemporâneos José Guilherme Merquior Sistemas […]

Leia mais