Estariam as esquerdas brasileiras em surto psicótico?

Antes que algum complexado, baluarte do “politicamente correto”, direcione sua munição contra mim, lembro: um surto psicótico ocorre precisamente quando o sujeito começa a ter delírios e alucinações, a perceber a realidade de maneira desorganizada e manifestar comportamento e reações incoerentes. É bem verdade que amplos setores de nossa poderosa esquerda nacional agem assim, em […]

Leia mais

“A Vida dos Outros” – Um retrato do totalitarismo

Além dos livros, o cinema também é um instrumento importante para difusão de ideias. Ele é, capaz de aproximar emocionalmente o espectador dos temas que são abordados, pelo caráter de autenticidade de que se investem, a partir de grandes exibições dos atores, e pela sensibilização produzida pelas imagens. “A Vida dos Outros” (no original, “Das […]

Leia mais

Neves, o avô

No momento em que você lê estas linhas, está sacramentado: a presidente da República, Dilma Rousseff, em sua luta por prolongar o domínio petista sobre o Brasil, terá pela frente como adversário o tucano mineiro Aécio Neves. Aécio pertence a uma linhagem política de peso na história republicana nacional; no momento em que se concentram […]

Leia mais

A Esquerda e o Paradoxo de Fermi

Todo mundo tem gostos ou interesses considerados não muito convencionais. Em minha vasta lista pessoal, incluo a Ufologia, suas polêmicas e especulações. Sim, círculos em plantações, discos voadores, Roswell, homenzinhos verdes ou cinzentos, tecnologias secretas… Tudo isso. Mas, óbvio – avisamos desde já o leitor compreensivelmente surpreso -, este artigo não é sobre Ufologia. Durante […]

Leia mais

O avô do mal do século

Do alto de nossa insignificância, consideramos válido reproduzir um sábio conselho: nunca rejeitar por inteiro, à primeira vista, o pacote oferecido por um autor. Você pode encontrar material de qualidade, mesmo nas fontes menos óbvias. Até o pior dos tiranos pode oferecer uma boa “tirada”, ao menos para que possamos compreender melhor o tipo de […]

Leia mais

“Basta!” e “Fora!”

Não se espante caso os imperativos exclamativos acima, colocados como títulos de um artigo, estejam soando familiares. Isso significa, muito provavelmente, que você tem uma razoável bagagem de informação acerca da história nacional. “Basta!” e “Fora!” foram as manchetes de dois famosos editoriais do antigo Correio da Manhã, o primeiro publicado em 31 de março […]

Leia mais

Já raiou a liberdade? Ecos do Ipiranga

7 de setembro de 1822, América Portuguesa. O imenso território sob controle lusitano vinha de numerosos conflitos regionais contra a autoridade da Coroa. Todos suprimidos. Um deles, a famosa Inconfidência Mineira, realizou-se em revolta contra o pagamento do “quinto”, imposto considerado excessivo pelos revoltosos. Em 1808, em fuga de Napoleão, o rei D.João VI se […]

Leia mais

Entendendo o ininteligível – Com o Professor Flavio Dino

Uma ocorrência curiosa chamou a atenção na corrida pelo governo do Maranhão. Na sexta-feira, 22 de agosto, a afiliada da Rede Globo, TV Mirante, promoveu uma curta entrevista com o candidato do PCdoB, Flavio Dino, professor de Direito na Universidade Federal do Maranhão. O repórter Sidney Pereira foi o condutor. O evento seria muito mais […]

Leia mais

Eduardo Campos e o amor à humanidade

Como a essa altura todos já sabem, o Brasil assistiu a uma tragédia severa, que chocou a todos e ceifou vidas ainda bastante jovens. Entre elas, a do presidenciável pelo PSB, Eduardo Campos. Suas visões políticas à esquerda e, portanto, contrárias às nossas convicções, são bem conhecidas; sua condição de ser humano, pai de família, […]

Leia mais

“Saio da vida para entrar na história”… Mas não só

Sessenta anos se passaram desde o grande momento-chave do Brasil moderno: 24 de agosto de 1954. Um tiro no peito, em seu quarto, no Palácio do Catete, silenciava o maior líder de nossa República: Getúlio Dornelles Vargas. Maior, apressamo-nos em dizer, quanto à abrangência de suas ações e o impacto exercido, não quanto a seus […]

Leia mais

Histeria Seletiva

Batemos sempre na tecla da distorção da realidade histórica, típica da esquerda, e seu vitimismo sem paralelos. Na coluna da jornalista Mônica Bergamo, na Folha de São Paulo, encontro exemplo notório de toda essa sandice. Ela registra que escolas públicas municipais de São Paulo – cujo prefeito é o malfadado petista Fernando Haddad – receberão […]

Leia mais

Coletivismo na ficção pop

A política não é uma entidade isolada de todos os demais aspectos e elementos da sociedade. Sua vivência e as melhores maneiras de pensá-la estão sempre entrelaçadas com a cultura, em suas diversas manifestações, nas quais grita a alma de um povo ou de um tempo. No campo da Literatura, o escritor e jornalista inglês […]

Leia mais

A estrela na lapela

Por esses dias esteve sob meus olhos a menção a um episódio que não poderia deixar passar, tamanho o seu caráter emblemático. Era o começo da malfadada era petista em que ainda vivemos (ardentemente desejando que sejam seus estertores). Lula chegava ao posto máximo de governo no Brasil, iniciando, com alguma cautela, uma década de […]

Leia mais

O tal do pensamento crítico

A narrativa é absurdamente comum nas plagas tupiniquins; mudam-se os nomes e os lugares, mudam-se as famílias, mas os fatos seguem mais ou menos a mesma lógica. A criança, primeiro, é posta no mundo; uns, como John Locke, dizem que com a mente em branco, quase que como uma “tábula rasa”, adquirindo todos os conhecimentos […]

Leia mais

Por uma sã direita

Uma nova atmosfera se desenha, um esperançoso painel parece se configurar em nossa frágil e combalida democracia. Aqui e acolá, vê-se o despontar de um movimento em reação ao status quo político-ideológico, até então quase que plenamente sufocado por um único lado do espectro. A política partidária e os espaços culturais, editoriais e midiáticos, restringindo-se […]

Leia mais

Os Atenienses da América e o Pai da nação

Na tentativa de avaliar um contexto de caos e convulsão social em um país como o nosso, de descortinar suas origens e buscar um remédio para as graves doenças sócio-culturais que o acometem, poucos recorrem a um raciocínio verdadeiramente estrutural. A visão vulgar e limitada prefere abordagens estritamente conjunturais. Pode ser muito útil, diante dos […]

Leia mais

A Mensagem do Corvo: Carlos Lacerda e “A Missão da Imprensa” (Final)

Sexta e última parte da série sobre o jornalista e político brasileiro Carlos Lacerda Considerações finais No decorrer desta análise, observamos como um dos personagens mais importantes da história política contemporânea compreendia os deveres e atribuições da imprensa, sendo ele mesmo um jornalista. Identificamos que seus pontos de vista de inspirações políticas liberais e conservadoras faziam-no […]

Leia mais

Carlos Lacerda: pensador do jornalismo em “A Missão da Imprensa” (III)

Quinta parte da série sobre o jornalista e político brasileiro Carlos Lacerda O discurso de Lacerda contra a maneira como seus colegas conduzem a prática jornalística apenas se intensifica, em virtude de sua constante preocupação com a valorização da ética e da qualificação profissional. Ele recorda que um jornalista deve ser reconhecido pela sua entrega à […]

Leia mais

Carlos Lacerda: pensador do jornalismo em “A Missão da Imprensa” (II)

Quarta parte da série sobre o jornalista e político brasileiro Carlos Lacerda Lacerda deixa claro aquilo que Aloysio Castelo (2012) considera como a responsabilidade de quem participa ativamente da produção simbólica e informativa, especificamente na imprensa, para com a chamada “opinião pública”, isto é, para com as repercussões de ideias entre as massas. “A opinião pública […]

Leia mais

Carlos Lacerda – Pensador do jornalismo em “A Missão da Imprensa”

Terceira parte da série sobre o jornalista e político Carlos Lacerda O livro “A Missão da Imprensa” (1950) é um testemunho de Carlos Lacerda sobre o jornalismo. Pelo título, já se depreende que esse personagem singular da história brasileira, sobretudo da imprensa nacional, o considerava como algo investido verdadeiramente de caráter missionário – o que pretendemos […]

Leia mais

Carlos Lacerda: O Homem e o Político

Segunda parte da série sobre o jornalista e político brasileiro Carlos Lacerda Nascido em 30 de abril de 1914, ele era filho do tribuno e escritor Maurício Paiva de Lacerda (1888-1959) e de Olga Caminhoá Werneck (1892-1979). Foi registrado em Vassouras, embora tenha nascido no Rio de Janeiro. Seu avô, Sebastião Eurico Gonçalves de Lacerda […]

Leia mais