O embuste verde e amarelo de Haddad

Já sustentei mais de uma vez neste espaço minha posição pessoal favorável à importância do patriotismo, a meu ver perfeitamente compatível com uma concepção liberal constitucional e econômica de Estado. Respeito e admiro um verdadeiro patriota, que é o que também procuro ser. Por isso mesmo, repudio com ainda mais vigor aqueles que, para disfarçar […]

Leia mais

Por que o único caminho do Brasil agora é eleger Bolsonaro

O domingo 7 passou e a novidade de cores liberais e conservadoras veio como trator. Algumas conquistas importantes e históricas podem ser assinaladas: A ascensão meteórica de candidatos a governos estaduais que desafiam as oligarquias e ortodoxias políticas. Emblemáticos os casos de Minas Gerais, em que Romeu Zema, do Partido Novo, liderou o primeiro turno […]

Leia mais

Domingo 7: o que está em jogo

Em 2014, quando tive a honra de iniciar minhas contribuições para esta tradicional casa chamada Instituto Liberal, redigi, findo o primeiro turno, texto sobre o cenário em que Aécio Neves e Dilma Rousseff se enfrentariam. De lá para cá, parece que se passou uma eternidade, tamanha a convulsão política em que o Brasil mergulhou. Eis, […]

Leia mais

Palanque para os golpistas: vamos permitir?

O ministro do STF Ricardo Lewandowski autorizou no último dia 28 que o presidiário Luiz Inácio Lula da Silva concedesse entrevista à Folha, abordando os rumos políticos e, naturalmente, fazendo campanha em favor de seu representante direto nas eleições, o petista Fernando Haddad. Seu colega Luiz Fux acolheu o pedido do Partido Novo e impediu […]

Leia mais

José Dirceu ameaça o Brasil

Principal cabeça do petismo durante o auge de Lula, acusado e condenado por diversos crimes, José Dirceu está perambulando, solto, desde junho, quando o STF, seguindo proposta do atual presidente Dias Toffoli, admitiu sua libertação de forma liminar. Ele está aproveitando a chance recebida para participar de videoconferências e divulgar um livro de memórias, sempre […]

Leia mais

O PT não precisa da nossa ajuda para ser “demonizado”

Neste primeiro turno de 2018, a emergência no campo político-prático de pautas de teor liberal e conservador, oriundas daquilo que chamei, ao lado de muitos outros, de “nova direita” brasileira, tem suscitado, pela forma com que se dá, estresses e preocupações. Essas pautas estão diluídas entre mais de uma candidatura, de partidos diferentes, para os […]

Leia mais

“Do Partido das Sombras ao governo clandestino”: o passo-a-passo de George Soros

A Editora Armada está praticamente se especializando em dossiês. Depois de Nadando contra a corrente, de autoria de Bernardo Guimarães, que de muitas maneiras merece o rótulo, seu mais recente lançamento, o opúsculo internacional Do Partido das Sombras ao governo clandestino, vai na mesma linha e destrincha um dos acontecimentos mais importantes da política americana […]

Leia mais

Reitoria da UFRJ, assuma sua responsabilidade e aceite as consequências

Após o horror que acometeu o Museu Nacional, reduzindo a cinzas muito de seu acervo e estrutura e comprometendo a preservação da memória histórica nacional e do patrimônio histórico-científico mundial, o ainda presidente Michel Temer esteve reunido com empresários e banqueiros. A intenção era discutir uma possível ajuda privada para a reconstrução e manutenção do […]

Leia mais

Nota Oficial

Tendo por missão, desde que foi criado, a promoção e sustentação das vantagens de uma sociedade em que o enfrentamento político e o debate público se verifiquem com respeito às regras do Estado de Direito e do sistema representativo, o Instituto Liberal não poderia permanecer em silêncio diante da barbárie perpetrada contra o candidato à […]

Leia mais

“Guerra de narrativas”: mapeando as artimanhas do lulopetismo

O jornalista e tradutor Luciano Trigo lançou pela editora Globo Livros sua obra Guerra de narrativas: a crise política e a luta pelo controle do imaginário. Trata-se de trabalho cuja contribuição ao debate público e à preservação da memória do período histórico que vivemos merece maiores considerações. Em primeiro lugar, importa deixar claro de antemão […]

Leia mais

Brasil sem memória e sem dignidade: faltam palavras

Esta é a Semana da Pátria. É o momento em que, para qualquer país, qualquer povo, o foco estaria na celebração dos feitos em comum, das tradições e da cultura, das realizações cívicas, daquilo por que nos podemos felicitar em conjunto, como uma comunidade política e histórica. Infelizmente, o Brasil não nos está permitindo isso. […]

Leia mais

O mico histórico do Jornal Nacional

O experiente jornalista William Bonner, este ano acompanhado de sua colega Renata Vasconcellos, têm tornado uma tradição do Jornal Nacional nas eleições um esforço por “apertar”, pressionar, torpedear os candidatos à presidência da República. Apesar de em 2014 a dinâmica ter sido muito acelerada, com tantas interrupções dos entrevistados que chegavam às raias do questionável, […]

Leia mais

Não é preciso inventar moda: já existe o liberalismo

A doutora em Sociologia da USP, jornalista e mestre em Comunicação Social pela UFMG, Isabelle Anchieta publicou um artigo no Estadão no último dia 25 de agosto, na seção de “Cultura”, com o título A maioria excluída: efeitos bolsonarianos e trumpianos no país Tupiniquim?. A tese principal de Isabelle é que, resumindo, as políticas identitárias […]

Leia mais

Rio de Janeiro: um estado que não quer se ajudar?

As últimas notícias indicam que realmente o Rio de Janeiro, chafurdando no abismo da crise mais devastadora em muito tempo, permanece submerso no autoengano, ao menos sob o ponto de vista de seus representantes políticos. A pergunta que nos assola é se vivemos em um estado que não quer se ajudar. Em primeiro lugar, sendo […]

Leia mais

O apequenamento do Brasil na questão venezuelana

No sábado (18), cenas lamentáveis foram registradas através das emissoras de televisão brasileiras ou das redes sociais. A cidade de Pacaraima foi palco de uma reação desesperada de moradores, incendiando tendas e expulsando imigrantes venezuelanos que se abrigavam nos arredores. Não obstante nossa natural hostilidade a quaisquer atos de violência, a questão é extremamente delicada […]

Leia mais

Como conversar com Marcia Tiburi?

Apesar de sua natureza demagógica e perigosa, o presidenciável pedetista Ciro Gomes não se equivocou ao, diante do candidato do Patriota, Cabo Daciolo, no primeiro debate para o posto máximo da República, admitir os aspectos desagradáveis da democracia. Por mais que estejamos no número dos que a advogam, desde que entendida como a República aristotélica, […]

Leia mais

“Nadando contra a corrente”: um dossiê da praga do politicamente correto

O professor de Direito Administrativo Bernardo Guimarães Ribeiro, o corajoso autor de Nadando contra a corrente: Como a dificuldade em formar as próprias ideias abre espaço para ideologias irracionais,  recente lançamento da Editora Armada, diz não considerar sua obra propriamente um livro. Ao contrário, para ele, seu trabalho é “um compêndio de assuntos” que foram […]

Leia mais

Lula não é candidato, é presidiário!

Depois de algumas sabatinas e painéis, finalmente aconteceu, na Rede Bandeirantes, o primeiro debate entre os candidatos à presidência da República nas decisivas eleições de 2018. Como produto televisivo, o debate não foi dos mais estimulantes. Com exceção das impagáveis manifestações cômicas do Cabo Daciolo, candidato do Patriota, que parece ter se preparado lendo publicações […]

Leia mais

O “Estado Mundial” de Morgenthau e o “Globalismo”

Quando do debate realizado entre o diplomata Paulo Roberto de Almeida e o pensador Olavo de Carvalho acerca do conceito de “Globalismo”, o primeiro deu voz a toda uma gama de argumentações superficiais cuja única consistência é dizer que as referências ao assunto são pura “teoria da conspiração”. Almeida sentenciou que o tema é uma […]

Leia mais

Não se enganem: contribuição a sindicato tem que ser vontade individual

Depois de publicado o texto demandando que o presidenciável Geraldo Alckmin revele se vendeu o “financiamento sindical” ao “Centrão” e, especificamente, ao Solidariedade de Paulinho da Força, apareceram diferentes reações de desagrado. Houve quem dissesse, em primeiro lugar, que mesmo sendo verdade, preferiria votar em Alckmin para evitar Bolsonaro, o PT ou qualquer alternativa que […]

Leia mais

“Liberalismo e sindicato no Brasil”: uma história do autoritarismo brasileiro

Em sua obra Liberalismo e sindicato no Brasil, adaptada de tese de doutoramento apresentada em 1976, o cientista político Luiz Werneck Vianna (1938) procurou traçar um histórico das bases sociais que conformaram as relações entre o capital e o trabalho, o Estado e as associações sindicais, no Brasil republicano. Ressalvadas as discordâncias de abordagem ou […]

Leia mais