Por que os europeus estão destruindo a Europa?

A Europa ainda não morreu. Existem movimentos –com todas as críticas que mereçam – que podem salvaguardá-la, e principalmente na internet, uma fortíssima reação ocorre contra políticas progressistas. Em certos locais na rede, políticas de acolhimento irrestrito de imigrantes estão virando piadas literais. Países como a Suécia, tomados por forte esquerdismo cultural, viraram sinônimos de […]

Leia mais

Por que o capitalismo promove o povo?

Riqueza é deveras subjetiva, mas não se confunde com um relativismo absoluto. O “enriquecer” varia de sujeito para sujeito, de cultura para cultura, época para época e desse modo progride, mas ela se trata – assim como uma miríade de outros eventos e fenômenos – de um Universal: há o conceito de riqueza em todas […]

Leia mais

Eu não acredito mais no Estado Laico

Foi um pouco difícil admitir, devo confessar, mas depois de pensar, refletir e ponderar consideravelmente sobre o fenômeno da religião, ou da religiosidade, da fé, da crença em si, e também na ordem social, na cosmovisão humana, no jogo político, no poder, nas noções de sagrado e de profano; por fim, cheguei até a conclusão-mor: […]

Leia mais

Os Sinhôs Modernos – parte II

( Caro leitor, se não leu a primeira parte deste artigo, basta clicar neste link) Se é a luta que pregam – a desestabilização de um sistema – farão isso, não por motivos essenciais, mas sim por “razões” vagas, oportunas e úteis. Foi assim na História Africana, quando os partidos comunistas da África do Sul, […]

Leia mais

Os Sinhôs Modernos – Parte I

“Só os canalhas precisam de uma ideologia que os absolva e justifique” – Nelson Rodrigues. Durante as manifestações de 2015 uma horda de críticos, à esquerda, surgiu para denunciar e rir dos ditos “coxinhas”, que saíam de seus palacetes e carros do ano para protestar contra o governo dos “populares” – também conhecidos como “enroladinhos”, […]

Leia mais

A tal da “Civilização Ocidental” – Parte II

Políbio foi o primeiro a teorizar o que mais tarde Cícero batizará História Mestra da Vida. Para o autor grego – feito, diplomaticamente, de refém pelos romanos quando estes invadiram a Acaia – a História era a mestra da vida no sentido de que as nações poderiam aprender com seu passado histórico, ou até mesmo […]

Leia mais

A tal da “Civilização Ocidental” – Parte I

Normalmente a tentativa de “salvar” a Civilização Ocidental parte dos liberais, dos conservadores e dos tradicionalistas. Uns o fazem como uma das metas para os seus trabalhos e militâncias; outros, porém, porque enxergam a necessidade de uma Civilização responsável pelo Sistema de Mercado que fundamenta o Liberalismo, fora todo o bem político e moral que […]

Leia mais

“O essencial von Mises”: um ótimo resumo introdutório

O americano Murray Rothbard (1926-1995), um dos mais influentes autores anarco-capitalistas, foi aluno de Ludwig von Mises na década de 1950, além de participar da criação do Instituto Mises na década de 1980; como aluno, Rothbard absorveu muito das teorias de seu professor e, do mesmo modo, de toda a Escola Austríaca – da qual […]

Leia mais

Onde foram parar os “#ForaCunha”?

Faz algumas semanas que despontou uma grande onda, que avassalava os movimentos esquerdistas da mesma forma que as universidades, de pessoas que berravam “FORA CUNHA!” nas ruas, nas salas de aula, entre outros lugares; o movimento, se é que podemos chamar de movimento, é reativo ao imensamente maior e mais popular “Fora Dilma!”, além de […]

Leia mais

Ué, mas o Estado não era Laico?

“Nós, representantes do povo brasileiro, reunidos em Assembléia Nacional Constituinte para instituir um Estado Democrático, destinado a assegurar o exercício dos direitos sociais e individuais, a liberdade, a segurança, o bem-estar, o desenvolvimento, a igualdade e a justiça como valores supremos de uma sociedade fraterna, pluralista e sem preconceitos, fundada na harmonia social e comprometida, […]

Leia mais

Europeus: o futuro não pertence mais a vocês

Pensem em um povo que abandonou suas bases, seus lastros, mas que não apenas colocou de lado tudo o que havia de singular, alto e belo de sua cultura, mas desprezou, criminalizou, odiou. Há 100 anos, em 1915, nenhuma alma na Terra poderia prever que a Europa, a conquistadora do mundo, o berço da Civilização […]

Leia mais

A doença dos medíocres é a grande praga do Brasil

Que tal averiguar, ao menos, um pouco da situação política e econômica do Brasil? Temos uma taxa de homicídios comparável a países em guerra constante, com mais de 50.000 mortes por ano, possuímos uma das maiores taxas de impostos do planeta: pagamos mais impostos que no tempo da colônia (onde, nas escolas, aprendemos que os […]

Leia mais

O Movimento Gay não é tão gay assim

Qual é o fundamento do Movimento Gay? Seria o da liberdade Sexual, o fim das discriminações e o sanar dos preconceitos? Será? O que seria “liberdade”, dentro do Movimento Gay? A liberdade que já possuem em seus âmbitos particulares? O que o Movimento Gay quer é atingir o social em nome de um privado, contudo, […]

Leia mais

Nudismo Progressista: a roupa nova do imperador

“As ciências humanas se tornaram incapazes de dialogar com a realidade. Criaram um ‘mundinho bobo de teses emancipatórias’ a serviço da masturbação intelectual. Afirmam que tudo é ‘construção social’, mesmo que uma pedra lhes caia sobre a cabeça todo dia. O nome disso é surto psicótico. Há um surto correndo solto em muitos departamentos de […]

Leia mais

Ainda existem Dilmistas?

“A constituição da Bruzundanga era sábia no que tocava às condições para elegibilidade do mandachuva, isto é, o presidente. Estabelecia que devia unicamente saber ler e escrever; que nunca tivesse mostrado ou procurado mostrar que tinha alguma inteligência; que não tivesse vontade própria; que fosse, enfim, de uma mediocridade total.” — Lima Barreto, Os Bruzundangas. […]

Leia mais

Greve na UFF: os inúteis no poder de uma Universidade Federal

“A burrice no Brasil tem um passado glorioso e um futuro promissor” — Roberto Campos.   Depois de meses sem aulas, dias e semanas na ausência dos estudos ou do empenho que os cursos normalmente proporcionam (ou deveriam proporcionar), a greve na Universidade Federal Fluminense tem seu término. Muita gritaria por melhorias, além das pautas […]

Leia mais

Na conta da esquerda

“Algumas ideias são tão estúpidas que apenas um intelectual poderia acreditar nelas”. — George Orwell.   Recentemente, como ocorre de tempos em tempos, uma onda de violência e assaltos percorreu a cidade do Rio de Janeiro, acarretando confusão, feridos, perdas materiais, medo e correria nas ruas e praias do que foi um dia a Cidade […]

Leia mais

O Desmanche da Riqueza – a pobreza derivada do pensamento

“O rei mantém a terra pelo direito, Mas o ávido de impostos a transtorna”. Provérbios 29, 4.   Quem criou a riqueza, senão os homens? Existe riqueza na natureza? Flores são ricas? Cães selvagens possuem fortunas quando seu território aumenta e há mais caça e água? As sequoias americanas ou os baobás africanos são ricos […]

Leia mais

Humanidades e Utilidades: uma discussão sobre o saber

“(…) o que as pirâmides do Egito e sua monarquia explicam da sociedade capixaba? E os samurais? E os bárbaros germânicos do século V? Nada[1]”. Dr. Ricardo da Costa, De que serve a História? Para nada…   A recente notícia de que o Japão teria “abolido[2]” os cursos de humanidades em suas universidades deixou muitos […]

Leia mais

Divide et impera

Eis a tática romana quando se tenta conquistar um vasto território: Divide et Impera, isto é, Dividir e Conquistar. E, em termos políticos e culturais, esta é a mesma ação da esquerda, quando quer ter o poder. Dividir a sociedade em classes, ou até mesmo esvaziar o conceito de classe para todo e qualquer grupo […]

Leia mais

Filosofia, Religião e Mercado (II)

(Para ler a primeira parte do artigo, consulte: https://www.institutoliberal.org.br/blog/filosofia-religiao-e-mercado-i/) Uma vez que somos dependentes do passado para formular novas propostas, e já visto que noções imprescindíveis ao liberalismo, como a propriedade privada, foram enxertadas por noções teológicas, e estas por conceitos filosóficos da Antiguidade; cabe responder a questão levantada no último artigo: a religião seria necessária […]

Leia mais

Filosofia, Religião e Mercado (I)

Por que tratar do tema “Filosofia, Religião e Mercado”? Não seriam simples produtos de alguma sociedade em questão? Ritos religiosos ou até mesmo sistemas de crenças inteiras não estariam embasados, tanto quanto filosofias, esquemas de trocas, valores e compras, em simples funções ou construções sociais? Uma grande parte da academia acredita que sim. Por mais […]

Leia mais