De Piketty a Pol Pot, a luta contra a desigualdade

Piketty é um best seller, não porque as pessoas se interessam por economia, mas porque elas acreditam em algo metafisicamente impossível, que deveríamos ser todos iguais. Ao criticar a desigualdade, o economista francês transformou seu livro em uma Bíblia para os ressentidos, uma espécie de manual para a superação do que seria o mal nesta […]

Leia mais

O segredo da prosperidade

Em qualquer economia, quem cria a demanda é a oferta. Somente num mercado livre, onde a capacidade criativa do homem pode ser exercida sem impedimentos, gerando oferta, e consequentemente demanda, há crescente abundância e riqueza. Economias centralizadas não permitem que os indivíduos ofertem o que bem entenderem, inibindo a geração de novas demandas, emperrando a […]

Leia mais

A marcha do dia 12 de abril

A marcha do dia 12 de Abril, será mais uma tentativa de entregar ao Congresso Nacional, a mensagem, subscrita pela população brasileira que encontra-se insatisfeita com o grau de corrupção, autoritarismo e incapacidade gerencial do governo, pedindo o impeachment da presidente Dilma. Do jeito que as coisas estão, não dá mais para continuar. Na realidade, […]

Leia mais

Não quero reforma, quero faxina

Imagem: Daniel Kuhn Indispensável comentar a resposta do Palácio do Planalto às manifestações de Quinze de Março. Isto porque seus ocupantes, ainda não entenderam a mensagem das ruas. Não queremos reformas que impossibilitem o exercício do direito à liberdade de expressão, da qual o financiamento de campanhas eleitorais, feito por pessoas físicas ou jurídicas, a […]

Leia mais

Falácias que nos ensinam como se verdades absolutas fossem: sonegação

Um indivíduo descobre vocação e habilidades para criar, produzir ou comerciar algo, legitimamente gerando valor para os outros, e lucrar com isso.   Um grupo de elementos, denominado “governo”, com vocação e habilidades para usar de violência, aborda aquele indivíduo, exigindo-lhe que entregue parte do que lucrou, ou mais do que isso.   O indivíduo […]

Leia mais

Carta aberta aos caminhoneiros

O sentimento de indignação é de todos. Não há quem depende do seu próprio trabalho que não esteja insatisfeito com o grau de intervenção governamental em suas vidas. Somos taxados, regulados, tutelados, controlados e punidos como nunca fomos antes. É por isso que grande parte da população vem apoiando a chamada “greve dos caminhoneiros”. Uns […]

Leia mais

A força de um dilema

Num sistema político ideal, o aparato governamental resume-se à polícia, à justiça e às forças armadas. Tudo o mais que viesse a compor o governo seria ilegítimo, indesejável e conspiraria contra seu próprio objetivo, o de proteger nossos direitos individuais. Num sistema político ideal, não haveria ministérios da justiça. Numa sociedade onde imperasse o livre-mercado, […]

Leia mais

A vida não é um retrato

Winston Ling é um dos líderes do movimento liberal brasileiro. Outro dia, ele comentou que os marxistas não conseguem entender a sociedade como um organismo em constante mutação, uma ordem espontânea que cria uma dinâmica incessante, com possibilidades e resultados quase infinitos. Um filme sem enredo prévio, sem começo, meio ou fim. Os marxistas enxergam […]

Leia mais

A escolha de Sofia

Quem não lembra do filme “A Escolha de Sofia”, com roteiro e direção de Alan Pakula, estrelado por Meryl Streep? Sofia era uma mãe judia que chegava de trem em um campo de concentração nazista. Ao desembarcar do vagão, seguiu para a fila de triagem com seus dois filhos, uma menina e um menino. O […]

Leia mais

Legislando em causa própria

Ninguém pode desejar que políticos, burocratas e juízes, que escolheram a carreira de servidor público, pratiquem o autossacrifício. Porém, é difícil aceitar que esses, que exercem uma atividade que inclui: estabilidade no emprego; terceirização do risco de perdas nos casos de imperícia, desídia e leniência; privilégios, durante e após seu exercício; premiem-se com remunerações de […]

Leia mais

Como criar um sistema corrupto e como acabar com ele.

No mundo inteiro, proliferam empresas estatais criadas através de medidas coercitivas que, não apenas tolhem a liberdade dos que querem empreender ou consumir, como confiscam recursos da população para que tais iniciativas sejam implementadas. Por trás de toda intenção baseada na coerção, há agendas arquitetadas e colocadas em prática, sem racionalidade e moralidade adequadas. Como […]

Leia mais

Salário Mínimo, uma questão moral

O governador Tarso Genro se despede, plantando uma bomba de retardo que explodirá, assim que tiver deixado o Palácio Piratini para trás. Querer impor um aumento de 16% no salário mínimo, não é mais imoral do que a existência do salário mínimo em si. É apenas agregar à imoralidade, uma enorme dose de irresponsabilidade. A […]

Leia mais

Democracia e Liberdade

Paralelamente às eleições que ocorrem no Brasil, vemos uma inédita movimentação estudantil clamando por democracia, em Hong Kong, a sociedade mais livre, mais próspera e mais rica do mundo. O que esses eventos demonstram e alertam, é que democratas nem sempre prezam a liberdade, apenas ambicionam o poder. Poder para controlarem o aparato coercitivo do governo, para tolherem a liberdade dos outros, […]

Leia mais

Liberdade para contratar, comprar, estocar ou vender

O Banco Central é a instituição governamental com maior capacidade para interferir na vida das pessoas, mais até do que a Receita Federal. É o Banco Central quem manda imprimir dinheiro gerando inflação. É o Banco Central quem define o preço do dinheiro, a taxa de juros, tomando ou dando empréstimos aos bancos, ao público […]

Leia mais

A moral do mercado

“Minha filosofia, em essência, é o conceito de homem como um ser heróico, com sua própria felicidade como o propósito moral de sua vida, com a realização produtiva como sua mais nobre atividade e a razão como seu único absoluto” – Ayn Rand Outro dia, li em Zero Hora, um artigo onde o autor dizia que […]

Leia mais

1 = 0 ou, como pensam os nihilistas

Suponha que um sujeito é dono de uma loja e que ele tenha acumulado uma fortuna de 50.000.000,00 de dólares. Obviamente, ele precisa de cada dólar amealhado para ter os 50.000.000,00. Não importa o número de série de cada nota, nem qual foi a primeira, nem qual foi a última que ele recebeu. O que […]

Leia mais

Seria o governo uma máfia?

Aristóteles enunciou a Lei da Identidade, que diz que uma entidade é a soma de suas características. Para simplificar essa ideia, o filósofo grego reduziu-a a uma equação: A = A. Além disso, afirmou que nada poderia ser uma coisa e, ao mesmo tempo, ser outra coisa com características diferentes.  Assim, definiu uma lei corolária […]

Leia mais

O Dia da Liberdade dos Impostos. Só que não!

Dia 20 de maio foi o Dia da Liberdade dos Impostos. Não meu amigo, você não parará de pagar impostos e nem o governo deixará de tentar, dia-após-dia, arrecadar mais. Essa data é simbólica. Serve para alertar que, proporcionalmente ao longo do ano, o governo cobrou tanto imposto, mas tanto imposto de você, que é […]

Leia mais

Vítimas da Sociedade

“Vítimas da sociedade”. Como uma expressão tão curta pode conter uma falácia tão grande. Sociedade é o conjunto onde todos os indivíduos estão inseridos, desde os miseráveis comedores de ratos do Piauí até os corruptos moradores do presídio da Papuda. É uma impossibilidade lógica, uma parte que integra e confunde-se com o todo, ser vítima do […]

Leia mais