Home
A ideologia dominante não se faz num dia Reviewed by Momizat on . LIGIA FILGUEIRAS* Nem só estatizantes animam a arena de embates dos liberais. Algumas vezes, a oposição surge nos próprios flancos, seja por assimetria de infor LIGIA FILGUEIRAS* Nem só estatizantes animam a arena de embates dos liberais. Algumas vezes, a oposição surge nos próprios flancos, seja por assimetria de infor Rating:
Você está aqui:Home » IL Blog » A ideologia dominante não se faz num dia

A ideologia dominante não se faz num dia

LIGIA FILGUEIRAS*

Nem só estatizantes animam a arena de embates dos liberais. Algumas vezes, a oposição surge nos próprios flancos, seja por assimetria de informações, seja por divergência nos pontos de vista.

É o que está ocorrendo agora em razão do ressurgimento do nome de Margaret Thatcher no noticiário, por ocasião de seu falecimento. Críticas severas contra a notória líder britânica foram manifestadas entre os liberais. Alegam, baseados principalmente na carga tributária, que o governo de Thatcher não teria sido tão liberal assim.

A esses, o comentarista do IL e do Millenium, João Luiz Mauad, sugere a leitura do “ótimo artigo do Higgs”, Libertarian Wishful Thinking, “para que compreendam que o caminho da liberdade é longo e que não há revolução radical possível”.

E oferece dois gráficos (abaixo) que revelam o trabalho liberalizante de Thatcher (4 de maio de 1979 – 22 de novembro de 1990) no campo econômico.

 

Índice de Liberdade Econômica: Reino Unido. Fraser Institute. 2012

Índice de Liberdade Econômica: Reino Unido. Fraser Institute. 2012

 

* EDITORA DO INSTITUTO LIBERAL

 

FONTE DA IMAGEM: FRASER INSTITUTE

Sobre o autor

Instituto Liberal
Instituição sem fins lucrativos

O Instituto Liberal é uma instituição sem fins lucrativos voltada para a pesquisa, produção e divulgação de idéias, teorias e conceitos que revelam as vantagens de uma sociedade organizada com base em uma ordem liberal.

Número de entradas : 1182

© 1983 - 2014 - Instituto Liberal - Todos dos direitos reservados.

Voltar para o topo