Por que o Nióbio pode esclarecer a privatização?

O Brasil tem as maiores jazidas de nióbio do planeta, incríveis 98% das reservas do mundo. Esse metal valiosíssimo, sem o qual a indústria aeroespacial jamais existiria, tem, porém, seu preço ditado pelos ingleses e é contrabandeado massivamente para fora do país, representando o maior roubo de nossa História desde que os portugueses aqui descobriram o […]

Leia mais

O Brasil que você não vê nos debates

Os debates entre os candidatos à Presidência da República nestas eleições são hollywoodianos de várias maneiras: primeiro, por que tem tanto momentos cômicos quanto trágicos; segundo, por que o que dizem são ficções decoradas, quando muito com alguma inspiração na realidade; e terceiro, por que podem passar em outro canal, mas a história é a […]

Leia mais

Socialismo para leigos: o fracasso econômico (I)

É cansativa a argumentação de que o socialismo deu errado por que não foi posto em prática exatamente como descrito por Karl Marx. Sua teoria, chamada socialismo científico, parece carregar ironia logo no nome: uma teoria científica só é de fato científica se a realidade corrobora com a mesma, e toda a vez que se […]

Leia mais

Ser humano feito besta

É surpreendente a decadência dos anos recentes. Aqui se trata não só do empobrecimento da arte, do culto à miséria ou da sexualização da cultura. Mais que isso, parece que a vida humana se tornou mais simples, e seu sentido mais claro: o hedonismo, o prazer como um fim em si mesmo, a procura por […]

Leia mais

Intrigas bizantinas na Terceira Roma

A Revolução Russa é geralmente retratada como uma odisseia do povo do Império Russo para libertar-se de um governo atrasado e quase feudal que dominava praticamente todo o Norte da Eurásia. É essa imagem que é desconstruída em História Concisa da Revolução Russa, do historiador polonês Richard Pipes. Vasculhando os arquivos soviéticos, Pipes usa registros […]

Leia mais

Imperialismo sem senso comum

Quando Niall Ferguson, um dos autores britânicos mais controversos, publica um livro, pode-se esperar algo novo e opiniões polarizadas. Império: como os britânicos fizeram o mundo moderno não é a exceção. À procura das raízes históricas do sucesso de um país pobre e chuvoso do norte da Europa, Ferguson cobre meio milênio de História britânica, […]

Leia mais

A Amazon e a máfia

É incrível o que inventamos para justificar os nossos atos e dar-lhes ar de moralidade perante o público. A Amazon, para a alegria dos poucos leitores de um país que lê cada vez menos, começou a vender livros físicos no país. A empresa, que já era a referência na venda de ebooks, entra no mercado […]

Leia mais

Fundamentalismo intelectual

Não há maneira melhor de observar a natureza alheia do que olhando para dentro de si. Uma das vantagens de ter estudado em um colégio franciscano é a lembrança das aulas de Religião. Tão neutro e não-enviesado quanto os autores da Carta Capital, meu professor, um ex-seminarista, disse as seguintes e, para mim, marcantes palavras: […]

Leia mais

O Socialismo e a Teoria Econômica

É cansativa a argumentação de que o socialismo deu errado por que não foi posto em prática exatamente como descrito por Karl Marx. Sua teoria, chamada socialismo científico, parece carregar ironia logo no nome: uma teoria científica só é de fato científica se a realidade corrobora com a mesma, e toda a vez que se experimentou alguma aplicação da […]

Leia mais

O Brasil a caminho de uma Crise de 29

Boom! 1929. A Grande Depressão. Dezenas de milhões de desempregados. Milhares de lojas e fábricas fechando, pequenos fazendeiros vendendo suas terras por que não conseguiam se sustentar, o governo comprando café e jogando-o no mar para aumentar o seu preço. Pobreza, endividamento e, não raro, suicídios eram cenas comuns nos Estados Unidos e, em menor […]

Leia mais

Por que exportamos produtos primários?

Todos, sem exceção, aprendemos na escola: “nós” vendemos matérias-primas e compramos produtos industrializados, “eles” vendem industrializados e compram matérias-primas. A lógica mercantilista, de comprar produtos baratos e vender caro para os países dominados continua. Seguimos meros mercado consumidor dos países já ricos. É quase como no futebol: vendemos um jogador ou dois para a Alemanha; […]

Leia mais