Globo: a mais petista das mídias tucanas

Hoje o Brasil acordou sob a notícia de que o Senador Delcídio Amaral, do PT de Mato Grosso do Sul, foi preso por obstrução da justiça, enquanto tentava planejar e executar a fuga do país do burocrata Nestor Cerveró, que com sua delação premiada expôs toda a podridão e a corrupção do Governo PT junto à Petrobras, servindo de financiadora das campanhas petistas desde 2004.

No entanto, o que o jornal O Globo comenta é que “Delcídio é o mais tucano dos petistas“. Fica claro aqui que O Globo tenta desinformar a população brasileira, dando a entender que o Senador Delcídio é um infiltrado do PSDB dentro do PT, como se o problema ético envolvido fosse da oposição, e não do Governo.

É incrível ver como toda a mídia nacional foi cooptada pelo Governo, através de um mecanismo chamado de “regulação econômica da mídia”. A ideia é muito simples: mídias sobrevivem basicamente de propagandas, e com uma economia em frangalhos (cortesia do PT), poucas são as empresas que conseguem ter fôlego financeiro para investir em grandes mídias. Essa mídias então se tornam totalmente dependentes do Governo, que por sua vez somente investem nas mídias se as mesmas se submeterem ideologicamente ou politicamente, tolerando no máximo uma leve independência pontual.

Leia também:  BDS, um boicote à humanidade

Se algum leitor acha que isso é um exagero, basta ver o print da notícia comentada acima, onde se verá a propaganda do Governo Federal, mais especificamente um banner de “vale-cultura”:

delcidio

No entanto, o que mais se vê de esquerdistas, tanto nas mídias sociais quanto na chamada blogosfera petista (esses então são escancaradamente chapa-branca), são acusações à grande mídia, chamando-a de tucana e golpista (usando essas duas palavras como sinônimas), como se as redações desses jornais não estivessem inundadas de petistas saídos das mesmas faculdades de jornalismo aparelhadas por movimentos de esquerda que alimentam a blogosfera petista.

Leia também:  Meu corpo, minhas regras?

Chegam ao cúmulo de apelidar a grande mídia de PIG (“partido da imprensa golpista”), como se verdadeiro golpe não fosse controlar economicamente os chefes de redações e ideologicamente o material humano abaixo da chefia, e ainda vende para os mais incautos a visão inversa. Como diria Lênin: “acuse-os do que você faz, xingue-os do que você é”.

 

A cara-de-pau dos esquerdistas na luta política brasileira não tem limite. Não estamos falando aqui de um senador obscuro. Estamos falando do LÍDER DO GOVERNO NO SENADO, e ex-candidato do PT ao Governo do Mato Grosso do Sul. Delcídio não é um peão, é um líder partidário, e o engajamento ativo dele na luta pela destruição das provas na Operação Lava-Jato é a prova cabal dessa afirmação. O jornal jamais poderia afirmar que Delcídio é tucano, em qualquer hipótese. Isso é acabar com qualquer tipo de seriedade jornalística.

Leia também:  A violência e o governo

Se O Globo, bem como todos os outros veículos de comunicação do Grupo Globo, continuarem com esse nível de desinformação governista e mau-caráter (essas sim são palavras sinônimas), só nos restará declarar, em tom irônico, que o Globo é a mais petista das mídias tucanas.

Gostou do texto? Ajude o Instituto Liberal no Patreon!

Comentários

  1. Concordo plenamente com cada palavra, e gostaria de acrescentar um detalhe que vi agora a noite, no jornal da Band, essa matéria, com exatamente o mesmo enfoque mostrado aqui, em seguida, mostrou uma declaração do Aécio rechaçando a ação do Delcídio e estabelecendo entre as ações subversivas do PT e o planalto e declarando com base no modus operandi, o total conhecimento do governo as ilicitudes praticadas.
    Pois bem, assim que voltou a matéria ao Boechat, este vem e diz que o Delcídio é o mais psdebista dos petistas, exatamente igual a denúnica aqui, e ainda usando um tom ironico dizendo que ele, Aécio nos tratava, o povo, como ingênuos, usando a matéria anterior, e afirmando que o Delcídio é o mais psdbista dos petistas. É muita calhordagem, a matéria fez a declaração, mas não provou que a declaração fosse verídica de forma alguma.
    A conclusão disso vai de encontro com o que você diz no terceiro paragrafo, toda a mídia esta cooptada pelo governo e isto que passou no jornal da Band é a prova mais cabal do fato. Eu só vi esta matéria porque estava na sala e meu pai estava assistindo, eu vi de tabela, se estivesse só, a televisão certamente estaria desligada, como tenho feito a pelo menos, um ano.

  2. Isso me lembrou como o Bendine tentou enfiar goela ao conselho de administração da Petrobras o patrocínio de 75 milhões à Formula 1… Agora está explicado!
    http://www.redebrasilatual.com.br/blogs/helena/2015/11/petrobras-deixa-a-globo-sai-das-transmissoes-da-formula-1-e-piora-crise-265.html