fbpx

Homenagem a Henry Maksoud

Não sei nem se há clima para mais uma homenagem no dia de hoje com toda a canalhice que está acontecendo, mas 8 de março era também o aniversário de Henry Maksoud (1929-2014). As desgraças do momento não nos podem impedir de recuperar as contribuições valiosas do passado, tarefa indispensável para erguer os alicerces de uma obra futura mais positiva.

O engenheiro e empresário Henry Maksoud foi dono do hotel Maksoud Plaza, Mestre em Mecânica de Fluidos pela Universidade de Iowa e dono da revista Visão desde 1974. O nosso Instituto Liberal, fundado por Donald Stewart Jr. em 1983, foi a primeira instituição fundada com o objetivo exclusivo de promover a difusão teórica e programática do liberalismo no Brasil, em suas diversas vertentes; mas, antes do surgimento do IL, ainda nesse período dos anos 70, Maksoud usou a revista Visão como uma grande plataforma para divulgar o liberalismo. Isso justifica sua menção como um autêntico pioneiro. Em sua publicação, o empresário criticava tanto as ideias da esquerda e do sindicalismo quanto o intervencionismo do regime militar.

Maksoud conseguiu trazer o economista da Escola Austríaca Friedrich Hayek, de quem era grande admirador, mais de uma vez para o nosso país. O livro Hayek no Brasil, editado pelo Instituto Liberal e que será relançado este mês no Clube Ludovico da LVM Editora, registra essas visitas. “Hayekiano ortodoxo”, Maksoud chegou a desenvolver um projeto de Constituição federal baseado no sistema concebido por Hayek, denominado “demarquia” – regime que separaria o Congresso atualmente existente, onde há uma representação dos eleitores através dos parlamentares com a função de debater e criticar o governo e disputar o poder, do Poder Legislativo propriamente dito, ocupado por representantes eleitos anualmente para mandatos únicos de 15 anos, perpetuamente desvinculados de partidos políticos. A proposta demárquica é polêmica entre os liberais, sendo vista com apreço pessoalmente pelo próprio Donald Stewart Jr. e outros nomes importantes, mas fortemente criticada por pensadores como o professor Antonio Paim.

Lucas Berlanza

Lucas Berlanza

Jornalista formado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Lucas Berlanza é editor dos sites “Sentinela Lacerdista” e “Boletim da Liberdade” e autor dos livros "Lacerda: A Virtude da Polêmica" e “Guia Bibliográfico da Nova Direita – 39 livros para compreender o fenômeno brasileiro”.