“Aprender a ser preto”

Já tem patrulha doida para proibir até fantasia de nêga maluca, mas uma real ameaça de agressão racista passou batida pela militância. Talvez por vir de seus próprios militantes. Fernando ‘Holiday’ Silva passou para filosofia na Unifesp sem a necessidade do critério racial de cotas, às quais se declara contrário, em vídeos no YouTube. Bastou […]

Leia mais

Show de realidade

Já dizia Millôr Fernandes que no Brasil, quando se for ser irônico, deve-se avisar. Décadas de deformação desconstrutivista ajudaram na guinada rumo ao analfabetismo funcional (38% entre os alunos do ensino superior ilustrado fielmente pela reação à coluna “à direita” (2) de Antonio Prata, em novembro do ano passado, na “Folha de São Paulo”. O que faltou ao texto […]

Leia mais

Festa na Papuda

Hoje é festa lá no CPP. Sem Barbosa, batem outra vez com esperanças os corações dos mensaleiros de saírem da cadeia antes do prazo legal. Já vai terminando a gestão do presidente do STF que, em tal cargo, não poderia capitular ante ameaças que, segundo amigos, aceleraram sua saída. Serviram, porém, para mostrar o caráter […]

Leia mais

Volta, Lula. Mas volta a nado

Na Coreia do Sul, onde os impostos tomam 26,8% do PIB, a presidente Park Geun-hye curvou-se, em rede nacional, para pedir desculpas pelo naufrágio com pelo menos 286 mortos – a maioria, crianças que viajavam em uma excursão da escola pela costa próxima à capital Seul –, apesar de a tragédia ocorrer em excursão escolar […]

Leia mais

Não vote, estude

Se novas pesquisas mudam perspectivas eleitorais, uma certeza é inabalável para 5 de outubro: a despeito de acharem radicais minhas posições liberais, familiares pedirão-me dicas sobre em quem votar – especialmente para deputados, sobre cujos candidatos saberão quase tanto quanto sobre as escalações da seleções de Irã e Bósnia na Copa. Não é promessa de […]

Leia mais

Hoje é festa lá no DCE

Abro esta coluna com o alemão Friedrich Nietzsche (1844-1900), para quem era“preciso proteger os fortes dos fracos”, contra a “doença do niilismo”. Volto a outro filósofo, o pernambucano Luiz Felipe Pondé, com quem abrira a coluna da semana passada: coincidentemente, na segunda-feira, bombou seu artigo ressaltando que, no Brasil, “ser jovem e liberal é péssimo para […]

Leia mais

Caravana Rolidei

O ano era 2007, o mês era agosto e a capital do Acre já concorria com outras 11 cidades a ser uma das sedes da Copa que o Brasil só ganharia o direito de sediar em outubro. Embaixador da candidatura de Rio Branco, José Wilker deu aula sobre o segundo ciclo da borracha, que quase o […]

Leia mais

Quem hoje ergue o cálice

“Eu decido quem pode participar”, berrou o militante do PCO ao tentar impedir o trabalho do repórter Caco Barcellos, da TV Globo em uma das manifestações “pacíficas” de junho passado. “Eu sou o povo!”, gritava, com todo seu espírito democrático. De lá para cá, só piorou e até morreu gente, de tanta conivência”. Na última sexta-feira, a PGR […]

Leia mais

Chorume Intelectual

Que Paulo Barros? Joãozinho Trinta é que era visionário, vide agora, depois de 25 anos, a evolução da Sapucaí às ruas de seu enredo “Ratos e Urubus, Larguem Minha Fantasia”. E com o Aterro do Flamengo adereçado de Novo Gramacho, escorreu do estrato social habituê de seus blocos hype o chorume cultural favorável ao atentado […]

Leia mais

Fantasia das ruas

O bloco do Baixo Augusta revoltou-se com a detenção de repórteres pela PM de São Paulo com a mesma urgência com que reduziu a “acidente” o homicídio de um outro, no Rio, por seus queridos milicianos encapuzados – e olha que, enquanto os jornalistas da capital paulista foram liberados sem problemas, como todos os 262 detidos, o […]

Leia mais

À procura do Capitão Gancho

Na trama de J.M. Barrie, Peter Pan é um garoto que se recusa a crescer. No Brasil atual, a PM cumpre o papel do capitão Gancho, mas quais pensamentos bons fazem nossa linda juventude voar quando o vilão oficial não se confirma na vida como ela é? A mágica da sustentação dissimulada a militantes violentos para tirar […]

Leia mais

Ó mundo tão desigual

O relatório da ONG Oxfam dizendo que 1% da população detém 50% do PIB mundial encheu de bondade os corações dos amigos do povo. O deputado federal Fábio Trad (PMDB-MS), por exemplo, postou a notícia três vezes em dois dias seguidos, em sua conta no Twitter. Já o produtor Pablo Capilé, conhecido por não redistribuir a bandas que tocam em seus festivais […]

Leia mais