fbpx

Frase do dia

[Liberdade] é o direito de submeter-se apenas às leis.  É o direito de não ser preso, detido, condenado nem maltratado de qualquer forma pela arbitrariedade de um ou mais indivíduos. É o direito de todos de expressar a sua opinião, escolher uma profissão e praticá-la, de dispor da sua propriedade ou mesmo abusar dela; poder ir e vir sem permissão e sem a necessidade de explicar seus motivos ou contabilizar seus empreendimentos. É o direito de todos de associar-se com outros indivíduos para discutir os seus interesses, para professar a religião que preferirem ou simplesmente para ocupar seus dias da maneira que seja mais compatível com suas inclinações ou caprichos…  Benjamim Constant

João Luiz Mauad

João Luiz Mauad

João Luiz Mauad é administrador de empresas formado pela FGV-RJ, profissional liberal (consultor de empresas) e diretor do Instituto Liberal. Escreve para vários periódicos como os jornais O Globo, Zero Hora e Gazeta do Povo.

2 comentários em “Frase do dia

  • Avatar
    10/01/2015 em 9:43 am
    Permalink

    Sinceramente…

    “[Liberdade] é o direito de submeter-se apenas às leis”

    Tal frase é de uma estupidez atroz!!!

    Assim, se as le3is estipularem a servidão, teremos a liberdade de servir ao nosso dono. PQP!!!

    Isso faz coro com os defensores de Montesquieu, que o chama de democrata liberal. Como se Montesquieu tivesse algum apreço pela liberdade. Basta ler o “Espiriro das leis” e surgirá a figura do maníaco totalitario legalista. …Pô …o socialismo pode ser perfeitamente legalista! Qualquer tirania totalitária pode ser perfeitamente legal, ao menos em teoria, contudo jamais será legitima.

    Péssima frase!

    e mais essa tentativa de arrumar a bobagem:

    “É o direito de não ser preso, detido, condenado nem maltratado de qualquer forma pela arbitrariedade de um ou mais indivíduos.”

    Um ou mais indivíduos é a fonte das leis estabelecidas.
    São indivíduos que ARBITRAM as leis sem seguir qualquer principio de qualquer espécie.
    Ou seja, é arbitrariedade que produz as leis que determinam prender, deter, condenar, oprimir e até maltratar indivíduos.

    Perdoe, mas é a pior frase do dia que já vi.

    • João Luiz Mauad
      10/01/2015 em 4:28 pm
      Permalink

      Caro Pedro,

      Esta frase que você diz estúpida é a síntese do que, na cultura e no direito ocidental se convencionou chamar de “Império da Lei”. Trata-se da garantia de que ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa, senão em virtude de lei. É a garantia maior contra a arbitrariedade, contra o abuso de poder. Não é outro o motivo por que existem, por exemplo, as constituições.

      Evidentemente, existem leis boas e ruins. A luta dos liberais é para que a constituição e as leis sigam, o mais fielmente possível, o código moral liberal. Neste caso, a lei teria a função exclusiva de garantir os direitos sagrados à vida, liberdade e propriedade.

      Não se iluda. Mesmo numa sociedade anarco-capitalista, um código legal – que garanta o Império da Lei – será sempre necessário.

Fechado para comentários.