Uma ode a Pedro Novais

ARTHUR CHAGAS DINIZ* Série Comentário do Dia O futuro Ministro do Turismo, o maranhense Pedro Novais, anunciou que vai devolver aos cofres da Câmara R$2.156,00 correspondentes a despesas realizadas no Hotel Caribe em uma festa envolvendo 15 casais. O veterano futuro Ministro do Turismo – como se sabe, representa Sarney no futuro governo Dilma – […]

ARTHUR CHAGAS DINIZ*

Série Comentário do Dia

O futuro Ministro do Turismo, o maranhense Pedro Novais, anunciou que vai devolver aos cofres da Câmara R$2.156,00 correspondentes a despesas realizadas no Hotel Caribe em uma festa envolvendo 15 casais.

O veterano futuro Ministro do Turismo – como se sabe, representa Sarney no futuro governo Dilma – tem sido alvo de sucessivas críticas de aliados e adversários políticos em função da “moralidade” da festa.

Não defendo o ressarcimento das despesas feitas pelo deputado, mas não por razões de ordem moral. Todos esses ressarcimentos de despesas se constituem em burla ao imposto de renda que todos os cidadãos são obrigados a pagar e não se justifica a existência de exceções a deputados e senadores por conta de nenhum tipo de ressarcimento. Acho incrível que a assessoria de Novais tenha enviado a Nota Fiscal, conhecendo-se, de sobejo, a falsa moralidade que aqui predomina.

Leia também:  “O que faz do brasil, Brasil?” – conversando com a obra de DaMatta

Acho extraordinário que um cidadão como Pedro Novais, com 80 anos, tenha entusiasmo para, junto com outros 15 casais, realizar uma tertúlia em um motel. Creio que, antes de tudo – que é imoral como o ressarcimento -, deve-se louvar o entusiasmo de um cidadão, no auge da terceira idade, realizar uma proeza como a citada. Gostaria de propor que a Câmara aprovasse a criação, na data em que se realizou a efeméride, do Dia do Idoso Ativo. O escândalo não é o fato em si e, sim, o ressarcimento da despesa.

Leia também:  O fogo, as cinzas e a irracionalidade política

* PRESIDENTE DO INSTITUTO LIBERAL

fonte da imagem: Wikipédia

 

Prêmio DSJ: “Liberdade de informação: o papel da mídia”

Fique de olho!

Gostou do texto? Ajude o Instituto Liberal e Instituto Liberal no Patreon!
Leia também:  José Guilherme Merquior contra Michel Foucault e o “Niilismo de Cátedra”