fbpx

Turquia: próxima fronteira aberta na União Europeia

LIGIA FILGUEIRAS*
Cecilia Malmström, Comissária p/ Assuntos Internos na Comissão Europeia, e o ministro do interior da Turquia, Muammer Güler
Cecilia Malmström, Comissária p/ Assuntos Internos na Comissão Europeia, e o ministro do interior da Turquia, Muammer Güler

Os cidadãos turcos em breve não precisarão mais ter visto no passaporte para entrar em qualquer país membro da União Europeia. É o que se prevê da conversa entre o Ministro do Interior da Turquia, Muammer Güler, e a Comissária para os Assuntos Internos na Comissão Europeia, Cecilia Malmström.

Os dois assinaram um acordo nesta segunda-feira em Ancara pelo qual a Turquia se compromete a repatriar todo imigrante que tenha ingressado em países da UE através de seu território.
.
A Turquia se situa na principal rota de acesso para imigrantes ilegais oriundos da África e do Oriente Médio. O medo das autoridades dos 28 países membros da UE é que, ao alargarem as fronteiras para a Turquia, estejam abrindos as portas também para imigrantes do Irã, Iraque e Síria, por exemplo.
.
O acordo foi um “marco” nas relações entre a Turquia e o bloco de 28 membros da UE, segundo o primeiro-ministro turco Recep Tayyip Erdogan.
* JORNALISTA
fonte: Platform for Global Challenges
imagem: ec.europa.eu
Instituto Liberal

Instituto Liberal

O Instituto Liberal é uma instituição sem fins lucrativos voltada para a pesquisa, produção e divulgação de idéias, teorias e conceitos que revelam as vantagens de uma sociedade organizada com base em uma ordem liberal.