fbpx

Três notícias e uma certeza

UBIRATAN IORIO*

Três acontecimentos vieram à tona no rastro das manifestações que levaram em junho milhares de brasileiros às ruas para protestar. O primeiro, auspicioso, é a queda vertiginosa, de 24 pontos percentuais, na aprovação do governo de Dilma Rousseff, segundo pesquisa divulgada na última quinta-feira (25/7) pela CNI/Ibope, com a percepção, por parte da população, de que a presidente da República tem se preocupado mais com a reeleição do que em governar. A aprovação da gestão Dilma Rousseff caiu de 55% para 31%. Em pesquisa anteriormente feita pelo mesmo instituto, a avaliação do governo já mostrava sinais claros de desgaste: caíra de 63% para 55%.

O segundo acontecimento, preocupante, é o aumento nos índices de popularidade de Marina Silva e Eduardo Campos: Marina avançou para a segunda posição nas intenções de votos para as eleições de 2014, com 20,7%, contra 12,5% no levantamento realizado em junho; Aécio detém 15,2%, contra 17% em junho, e Eduardo Campos avançou de 3,7% das intenções na pesquisa anterior para 7,4%. Brancos e nulos são 17,9% – contra 8,4% em junho – e 5,4% não responderam.

E o terceiro, desalentador para quem gosta de esperar as coisas boas acontecerem de braços cruzados e sem botar as mãos na massa, é a constatação óbvia de que, dentre todos os nomes sugeridos nessas pesquisas, não existe um ao menos que sequer represente, mesmo que distantemente, os ideais de uma economia de mercado e de um Estado posto a serviço dos cidadãos!

[continue lendo no site do autor]

* Doutor em Economia [EPGE/FGV], Professor Adjunto do Departamento de Análise Econômica da FCE/UERJ, Professor dos Cursos Especiais (MBA) da Fundação Getulio Vargas.

 

Instituto Liberal

Instituto Liberal

O Instituto Liberal é uma instituição sem fins lucrativos voltada para a pesquisa, produção e divulgação de idéias, teorias e conceitos que revelam as vantagens de uma sociedade organizada com base em uma ordem liberal.