fbpx

O apogeu do Estado-Babá

JOÃO LUIZ MAUAD*

Leio na coluna do Lauro Jardim, na Veja.com, o seguinte absurdo:

A Comissão de Assuntos Sociais do Senado deve votar na quarta-feira uma proposta para acabar com a clássica cena de crianças carregando um trambolho nas costas a caminho da escola. Segundo item da pauta do colegiado, o projeto do deputado goiano Sandes Junior, do PP, determina que o material didático obrigatório levado na mochila diariamente não pode ultrapassar a carga de 15% do peso da criança ou do adolescente.

Alunos do ensino médio deverão informar, no início de cada ano letivo, quanto estão pesando. No caso das turmas do Ensino Básico, os pais ficarão responsáveis por enviar os dados dos filhos.

Além da limitação, o texto obriga todas as escolas do país e oferecerem armários aos alunos, para a criança ter onde guardar o material exigido e tê-lo à mão todos os sem dias, sem a necessidade de transportá-lo de casa à sala de aula. O projeto recebeu parecer favorável à aprovação da relatora, a petista Angela Portela, de Roraima. Mas ainda que passe na CAS, precisará voltar à Câmara por ter sido sofrido alterações em outras comissões do Senado.

Em sua justificativa, Sandes Junior argumenta:

– A Sociedade Brasileira de Ortopedia prevê que cerca de 60% a 70% dos problemas de coluna na fase adulta são causados pelo carregamento de peso excessivo e por esforços repetitivos na adolescência. Peso excessivo pode acarretar sérios problemas, especialmente vícios de postura, dores musculares e lombares e, em casos mais extremos, desvios da coluna vertebral.

Desculpem a franqueza, mas trata-se de um verdadeiro despautério.  É o apogeu do estado-Babá.

A primeira pergunta que me vem à mente é:  como isso será fiscalizado?  Será que o eminente deputado  Sandes Júnior vai contratar um fiscal do estado para cada porta de escola, munido de balança de precisão, para fazer valer a lei?  O pior que que não duvido que cheguem a isso.

É óbvio que, caso essa estrovenga realmente vire lei, a primeira consequência lógica será a extinção do dever de casa, uma instituição eficiente que faz parte do cotodiano dos estudantes, desde a mais tenra infância, há séculos.  Mas quam está preocupado com a boa educação da garotada, não é mesmo?  Afinal, ao invés de tentar melhorar o ensino público, essa trupe está mais preolupada em legislar sobre miudezas.  Em resumo, querem é aparecer, não tratar de assuntos sérios.

*ADMINISTRADOR DE EMPRESAS E DIRETOR DO INSTITUTO LIBERAL

Instituto Liberal

Instituto Liberal

O Instituto Liberal é uma instituição sem fins lucrativos voltada para a pesquisa, produção e divulgação de idéias, teorias e conceitos que revelam as vantagens de uma sociedade organizada com base em uma ordem liberal.