Liberdade Econômica no Mundo Árabe

LIGIA FILGUEIRAS*

 

Beirute, Líbano

Será em Beirute, Líbano – e não em Túnis, Tunísia, como antes anunciado – a próxima Conferência sobre Liberdade Econômica no Mundo Árabe, a ocorrer nos próximos dias 20 e 21 de outubro.

Tema: As implicações econômicas da Primavera Árabe: Oportunidades e Desafios para Políticas de Livre Mercado.

Os patrocinadores são a Fundação Friedrich Naumann para a Liberdade (FNL) e o Instituto Fraser (Canadá), desenvolvedor do Índice de Liberdade Econômica e coordenador da Rede de Países para a Liberdade Econômica (Economic Freedom Network – EFN), na qual o Brasil é representado pelo Instituto Liberal.

Co-patrocinam o próximo evento a Fundação para Pesquisa Internacional – International Research Foundation (IRF), e a Associação Libanesa sobre Economia – Lebanese Economic Association (LEA).

O Ministro da Economia e do Comércio do Líbano, Nikolas Nahhas, fará uma palestra sobre a Primavera Árabe e a economia libanesa e sobre a liberdade comercial no Oriente Médio.

Leia também:  Se você quer passar o seu tempo entretendo-se com fantasias, leia Marx

O futuro da Líbia na era pós-Kadáfi também será tema de palestra.

O que vai acontecer:

  • Apresentação e discussão sobre a metodologia e principais revelações dos Relatórios Anuais sobre a Liberdade Econômica no Mundo;
  • Apresentação e discussão dos dados de 2011 do relatório anual do Mundo Árabe (foco, em especial, nos países representados na Conferência);
  • Apresentação e discussão das recentes descobertas de relatórios e índices econômicos alternativos e sua relevância comparativa para a medição da liberdade econômica;
  • Discussão dos impactos das revoltas no Mundo Árabe sobre a situação econômica e suas implicações para a liberdade econômica em cada um dos países, na região e no mundo em geral;
  • Apresentação e discussão de dados empíricos relacionados com as melhores práticas de reformas econômicas que ampliaram a liberdade econômica e resultaram em desenvolvimento econômico mensurável;
  • Discussão de estratégias para promover os Relatórios Anuais sobre Liberdade Econômica no Mundo na região de países árabes e para estabelecer uma rede de pessoas e instituições interessadas em participar e contribuir para essa rede.
Leia também:  O governo Bolsonaro deve ser defendido

Palestras:

  • Mais liberdade para os mercados? – A economia libanesa e a Primavera Árabe. Conferencista: Ministro da Economia e do Comércio do Líbano Nikolas Nahhas;
  • Relatório 2011 sobre a Liberdade Econômica no Mundo Árabe: principais revelações e implicações para as políticas públicas. Conferencista: Dr. Salem Ben Nasser Al Ismaily, IRF, Oman;
  • A Liberdade Econômica numa Visão Global Comparativa: comparação dos benefícios, dados árabes e índices. Conferencista: Fred McMahon, Vice-Presidente para Pesquisa, Instituto Fraser;
  • Turbulência financeira internacional e Liberdade Econômica (apresentações de participantes internacionais da Europa, Ásia e das Américas)
  • Relatório dos países: As implicações da Primavera Árabe sobre a Liberdade Econômica e as Políticas de Economia de Mercado em países árabes selecionados. Relatórios do Marrocos, Argélia, Tunísia, Egito, Jordânia, Palestina, Síria, Bahrain, Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos e Turquia)
  • Foco na Líbia: Depois de Kadáfi – Oportunidades e Desafios no caminho para a Liberdade Política e Econômica
Leia também:  Pensamentos liberais que Bolsonaro deveria conhecer

* EDITORA DO INSTITUTO LIBERAL

Fonte: Instituto Fraser

Gostou do texto? Ajude o Instituto Liberal no Patreon!