fbpx

James M. Buchanan

03.10.1919 – 09.01.2013

James M Buchanan

 

Economista americano laureado em 1986 com o Prêmio Nobel por seu trabalho sobre a teoria da escolha pública. Buchanan deu início à pesquisa sobre como o interesse pessoal dos políticos e as forças não econômicas afetam a política econômica do governo. Foi Membro do Conselho de Consultores do Independent Institute, Distinguished Senior Fellow do Cato Institute e professor da George Mason University.

James M. Buchanan Jr. nasceu em Murfreesboro, Tenessee, no dia 3 de outubro de 1919 e morreu aos 93 anos em 9 de janeiro de 2013 em Blacksburg, Virginia, EUA. Esteve vinculado durante a maior parte de sua vida acadêmica à George Mason University, no estado de Virginia, onde foi diretor do Center for the Study of Public Choice. [Saiba mais]

Na obra “The Calculus of Consent: Logical Foundations of Constitutional Democracy”, publicada em 1962, Buchanan teve como parceiro outro nome cogitado ao Nobel, Gordon Tullock. Foi essa coautoria que credenciou Tullock como fundador da teoria econômica que veio a ser conhecida por “public choice” e que renderia o Prêmio Nobel a seu colega James Buchanan.

O livro do IL  ‘Editoriais – Og Leme’ [out.2012]  tem um capítulo dedicado a James Buchanan.

James Buchanan e as escolhas públicas – Luiz Alberto Machado

No Brasil, um dos seguidores  da public choice é o professor Jorge Vianna Monteiro, que integrou os quadros do Departamento de Economia da PUC-Rio. Através da publicação técnica quinzenal ‘Estratégia Macroeconômica’ ele aplica a teoria da escolha pública a situações concretas do cenário político-econômico. Em “Trivial Variado”, por exemplo, Vianna Monteiro analisa os incentivos fiscais para a cultura e o esporte no Brasil.

Como funciona o governo – Escolhas públicas na democracia representativa– Resenha por Luiz Alberto Machado. Livro de Jorge Vianna Monteiro.

Cost and Choice – An Inquiry in Economic Theory. The Collected Works of James M. Buchanan, vol 6. Liberty Fund, 1999

Walter Williams and James Buchanan – The Constitution’s Erosion FreeToChooseNetwork·, YouTube

Hayek and Buchanan: Rawls, Egalitarianism and Social Justice  – FreeToChooseNetwork , YouTube

 

Como acorrentar o Leviatã

“Se, no entanto, a coletividade tem o poder de fazer valer os direitos individuais, como será impedida de ir além desses limites? Quais são os ‘direitos’ do próprio agente executor, o Estado? Se somos capazes, conceitualmente, de discutir a aplicação dos direitos e dos contratos que envolvem trocas de direitos entre as pessoas, além de questões que envolvam alterações exógenas na cessão de direitos, também temos de ser capazes de especificar, conceitualmente, os direitos da coletividade de fazer coisas. Nós não podemos simplesmente dar um passo para trás e conceber a nomeação ou a seleção de algum agente executor superior, que irá proteger e limitar tanto os direitos dos indivíduos quanto os do Estado. A hierarquia executora deve parar em algum lugar e, para o nosso propósito, é bom restringir a discussão ao primeiro nível. É relativamente fácil  pensar na coletividade cumprindo seu papel na proteção de pessoas e bens contra atos ‘ilegais’ praticados por pessoas. Torna-se muito mais difícil pensar em meios através dos quais os indivíduos possam fazer valer e proteger seus direitos contra atos ‘ilegais’ praticados em nome da coletividade. Como pode ser acorrentado o Leviatã? Este problema tem preocupado os filósofos políticos de todas as épocas, mas nenhuma resposta totalmente satisfatória foi até agora proposta, seja como um ideal a ser abordado seja como um programa prático a ser experimentado.”

James Buchanan on chaining Leviathan (1975) – The Forum at The Online Library, Liberty Fund, 14 January, 2013

 

Edição:  LIGIA FILGUEIRAS

Instituto Liberal

Instituto Liberal

O Instituto Liberal é uma instituição sem fins lucrativos voltada para a pesquisa, produção e divulgação de idéias, teorias e conceitos que revelam as vantagens de uma sociedade organizada com base em uma ordem liberal.