fbpx

Entrevista para a Fundación Atlas, da Argentina

Como diretor-presidente do Instituto Liberal, concedi uma entrevista nesta segunda-feira (12) via Instagram para a Fundación Atlas, da Argentina, representada pelo seu diretor Martín Simonetta, sobre o liberalismo e o cenário político no Brasil. A entrevista é mais um capítulo de nosso propósito de estreitar laços com as instituições parceiras no continente americano.

A primeira questão de Simonetta abordou as atividades do Instituto Liberal. Reforcei a história da instituição, em curso desde a iniciativa pioneira de Donald Stewart Jr. em 1983. Questionado sobre a situação da liberdade no Brasil, fiz referência ao problema do patrimonialismo em nossa cultura política, ainda tão presente em nossa realidade e tão prejudicial ao enraizamento de conceitos como o da impessoalidade da lei, fundamental ao liberalismo.

Contudo, não se deixou de enfatizar a importância e os valores da tradição liberal brasileira. Entre os problemas enfrentados hoje no Brasil, destaquei o conjunto de empecilhos produzidos pelo chamado “custo Brasil”, englobando todos os tipos de restrições ao mercado e burocracias excessivas; o ativismo judicial e a insegurança jurídica, marcando presença no Supremo Tribunal Federal; e o protagonismo dos populismos na arena política.  Ao mesmo tempo, por outro lado, ressaltei a emergência de novas lideranças liberais em diferentes esferas de atuação como um fenômeno promissor.

A respeito do cenário econômico, apresentei dados quanto ao desemprego significativo, o tombo do PIB que retirou o Brasil do ranking das dez maiores economias do mundo e a inflação em alta sucessivamente ao longo dos últimos anos, bem como os efeitos complicadores da recessão dos governos lulopetistas e da pandemia do coronavírus. Também mencionei o grande problema fiscal, com a ausência de importantes reformas liberais e a crise referente ao Orçamento de 2021.

As plataformas políticas de Jair Bolsonaro e de Luiz Inácio Lula da Silva, bem como o futuro político e as eleições de 2022, também foram temas de interesse do instituto argentino. Confira a entrevista na íntegra, reproduzida no Youtube:

Lucas Berlanza

Lucas Berlanza

Jornalista formado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Lucas Berlanza é editor dos sites “Sentinela Lacerdista” e “Boletim da Liberdade” e autor dos livros "Lacerda: A Virtude da Polêmica" e “Guia Bibliográfico da Nova Direita – 39 livros para compreender o fenômeno brasileiro”.