fbpx

A revolta da base e o trem-bala

 

ARTHUR CHAGAS DINIZ*

.

Já não é de hoje que o principal aliado do governo Dilma Rousseff, em nível legislativo, é o PMDB. Também já não é novidade que o Partido se sente pouco representado no primeiro escalão do Poder Executivo. É verdade que o presidente do Senado é peemedebista, como também o é o líder da maioria, mas a derrota foi muito dura para Dilma porque se tratava de reconduzir Bernardo Figueiredo, escolha pessoal da Presidente.

O sinal é claro: o PMDB quer mais cargos de primeiro e segundo escalões. O PMDB também está desgostoso com a Presidente que, quando aceita um peemedebista para um ministério, trata de escolher, junto, um secretário executivo. O secretário deve ser, preferencialmente, um profissional comprometido pessoalmente com Dilma e é, preferencialmente, um técnico com viés político.

A não aprovação de seu amigo Bernardo Figueiredo certamente levará Dilma a antecipar a criação de uma empresa para implantar o trem-bala. Como já se sabe, em princípio o projeto é antieconômico, levando-se em conta, inclusive, que as autoridades federais serão obrigadas a acelerar a privatização (via concessões) dos principais aeroportos do País. Isto, certamente, melhorará a qualidade de embarques e desembarques e a atratividade dos aeroportos como pontos comerciais.

.

* PRESIDENTE DO INSTITUTO LIBERAL

Instituto Liberal

Instituto Liberal

O Instituto Liberal é uma instituição sem fins lucrativos voltada para a pesquisa, produção e divulgação de idéias, teorias e conceitos que revelam as vantagens de uma sociedade organizada com base em uma ordem liberal.