Por que não devemos deixar as ruas vazias de manifestações?

O que importa se há um movimento organizado ou liderando manifestações populares? Se as manifestações são populares, basta para elas serem legítimas duas coisas: haver manifestantes do povo e haver sobre o que se manifestar. No Brasil, esse país de mentalidade coletivista estatista, até para se manifestarem contra o autoritarismo do governo as pessoas comuns […]

Leia mais

Recado ao governo Bolsonaro: previdência e educação não devem ser estatais

Parecem contraditórias as manifestações de 16 de Maio? Como podem estar Indiferentes à correlação entre o déficit da previdência e a falta de recursos para a educação estatal? Podem ser contraditórias sob a ótica da racionalidade, mas estão em sincronia com a irracionalidade que habita as mentes incapazes de perceberem a realidade e chegarem a […]

Leia mais

Uber, patinetes e a regulamentação estatal

Nesse mundo pós-moderno, onde filosoficamente se adota a primazia da consciência em vez da primazia da realidade, se as coisas do mundo real não estiverem devidamente descritas e regulamentadas em papel oficial com carimbo estatal, é como se não existissem. Pior, é como se elas não devessem existir. É por isso que coisas como Uber, […]

Leia mais

A voz do Governo

“Na Guanabara, 19 horas.” Começava assim o que o General Santos Cruz não quer acabar. Apesar de ser chamado de “A voz do Brasil”, “A voz do Governo” é o programa de rádio mais antigo do país e do hemisfério sul ainda em transmissão. O programa radiofônico “A voz do Governo” foi criado em 1935, […]

Leia mais

Direitos individuais são inalienáveis e o governo deve protegê-los

É muito melhor a proteção dos direitos individuais acobertar bandidos do que toda a população inocente ficar com seus direitos individuais desprotegidos, porque o governo é incompetente para identificar e processar quem um crime tiver cometido. Um governo que viola os direitos individuais para combater o crime está ele próprio agindo como um criminoso, porque […]

Leia mais

O COAF é uma peça do estado policialesco

O COAF é um dos inúmeros subprodutos da mentalidade coletivista estatista que assola o mundo. Ele existe, porque o governo acha que liberdade e privacidade se subordinam à vigilância e segurança. Claro, vigilância e segurança dele, o governo. O governo quer saber o que fazemos com o que é nosso, pois como ele mesmo tem […]

Leia mais

Existem duas formas de combater a corrupção: nas causas e nas consequências

Nas causas: basta tirar o poder de intervenção do governo na economia e os achacadores perdem força. O resultado será fantástico! Impossibilitados de comprar o poder político, as corporações empresariais e sindicais terão apenas um meio de sustento, a criação de valor para a sociedade. Já os políticos e burocratas, sem poder para criar dificuldades […]

Leia mais

Por que Israel deve acabar com o poder destrutivo do inimigo sem ouvir a opinião de ninguém?

Israel usa um escudo contra os mísseis palestinos para impedir que seus cidadãos morram. A taxa de eficácia é de 86%. Israel usa panfletos para avisar aos palestinos que está retaliando para impedir também que eles morram. Só Israel se preocupa com a vida dos dois povos, os terroristas palestinos estão se lixando para a […]

Leia mais

Prisioneiros do passado

“Proteger o que aí está, sob o pretexto de conservar o passado vivo, é abdicar do presente que poderia ter sido. É renunciar ao futuro, como um dia ele haveria de ser.” É recorrente a discussão sobre o tombamento de edificações para mitigar a dinâmica da cidade. No meu entendimento, tombar a propriedade alheia para […]

Leia mais

Nova Previdência: os vícios clássicos da ignorância e da imoralidade

A recusa de aceitar a Nova Previdência baseada em capitalização, contas individuais e gestão privada, decorre de dois vícios clássicos que afligem o ser humano: ignorância e imoralidade. Ignorância, porque a maioria não sabe que capitalização é melhor que partição; que contas individuais é melhor que um fundo comunitário; e, que gestão privada é melhor […]

Leia mais

O petismo é uma doença ou um incurável problema de comportamento?

Essa insistência dos petistas e psolistas de verem legitimidade no que Maduro e seus asseclas fazem na Venezuela é chocante. Eu ainda não sei se “petismo” ou outros comportamentos fanáticos como o “psolismo”, que fazem o portador do transtorno desconectar-se da realidade, são sintomas de uma doença ou apenas um problema comportamental com causas improváveis.. […]

Leia mais

Como analisar se um ser humano é ou não perfeito?

Existem duas maneiras, uma subjetiva e outra objetiva. A maneira subjetiva tem a ver com as expectativas que atribuímos ao comportamento humano dos indivíduos que analisamos. Nesse caso, a perfeição está relacionada com o valor que esperamos obter de um ser humano e o que efetivamento conseguimos receber. Essa qualificação se torna subjetiva, porque ela […]

Leia mais

BDS, um boicote à humanidade

O BDS (sigla que significa “Boicote, desinvestimento e sanções”) não é apenas um movimento antissionista e antissemita, ele é também anti-cristão e anti-palestino. O BDS é declaradamente antissionista, mas esconde sua faceta antissemita, porque ser descaradamente antissemita não é uma postura que a sociedade aceita. Boa parte da sociedade aceita o antissemitismo mas não o […]

Leia mais

O ato de censura do STF agrediu a democracia?

Esse papo furado de que os aloprados do STF agrediram a democracia com seu ato de censura precisa ser rejeitado. Democracia se transformou em sinônimo de qualquer coisa que possa representar algo bom. Mas não é! Democracia é o poder da maioria ou com boa vontade demasiada, o poder do povo. Eu pergunto, o povo […]

Leia mais

O direito de saber

Só existe um direito mais importante que a liberdade de expressão: a liberdade da imprensa noticiar o inimaginável ou de um comediante fazer uma piada desprezível. É o fundamental direito que embasa e garante a nossa existência como seres humanos: o direito de saber. A censura que cala a imprensa, ou quem quer que seja, […]

Leia mais

A intervenção estatal na Petrobras e a necessidade de liberalizar os mercados e privatizar tudo

Parece que as pessoas não entendem que aumentar, diminuir ou manter arbitrariamente o preço de qualquer produto ou serviço com o uso da coerção é um ato de intervenção no mercado. Na realidade, em se tratando de Petrobras, o ato intervencionista se iniciou quando a empresa estatal foi criada. E não foi qualquer intervenção, foi […]

Leia mais

O papel dos comediantes em uma sociedade intoxicada

“A chegada da tecnologia de ponta na indústria da mineração de carvão pôs fim a uma tradição de mais de um século da Grã-Bretanha, sob a qual canarinhos faziam parte dos elementos de segurança dos operários. Eram os pássaros que detectavam níveis perigosos de gases venenosos no fundo das minas, salvando vidas de operários. Esse […]

Leia mais

A insuperável eloquência de Gloria Alvarez

Ninguém na América Latina, talvez no mundo, defende as ideias liberais melhor do que Gloria Alvarez. Além das suas características inatas como a graciosidade e o carisma, Gloria Alvarez apresenta insuperável eloquência, oscilando entre a crítica direta e contundente, construída sobre sólido embasamento, até a ironia fina que, com rara elegância, desdenha daquelas figuras humanas […]

Leia mais

O que é e o que não é um capitalista

Ser capitalista não se resume à acumulação de capital. Na realidade, acumular capital é a parte menos importante da atividade de um capitalista. Acumular capital para um capitalista é o mero resultado da atividade de criar valor para si através da criação de valor para outros em processos inovativos, cooperativos e de trocas voluntárias para […]

Leia mais

O governo não deveria se envolver com a educação

Todos nós temos sim o direito à educação. No entanto, termos direito à educação não significa que os outros têm o dever de educar-nos. Direito à educação significa que ninguém pode ser impedido de buscar conhecimento se tiver vontade e condições de fazê-lo. Quando o governo obriga os indivíduos a buscarem educação e coage outros […]

Leia mais

A questão é lutarmos contra o uso indevido da coerção

Quando Ayn Rand diz que a questão não é quem vai nos permitir mas sim quem vai nos impedir, ela está tratando entre outras coisas de livre iniciativa, maximização de oportunidades, inclusão social, realização de propósitos. Homens absolutamente livres, aqueles que não sofrem nem iniciam ações coercitivas, são absolutamente capazes de exercer seu máximo potencial […]

Leia mais

Uma solução racional para os males produzidos pelas decisões legislativas

Se querem legislar sobre tudo e todos, seria prudente e aconselhável que as leis, todas elas, fossem medidas provisórias que funcionariam temporariamente para que os analfabetos funcionais do congresso pudessem perceber os resultados práticos de suas tonterias autoritárias. Vai lá, baixa uma lei, vê o que acontece por um ou dois anos, analisa os resultados, […]

Leia mais