Frase do dia

 

“Transformar ideologia em “ciência” não é algo novo para a esquerda. Os indicadores nos dizem que as perspectivas da humanidade estão em franca ascensão. A pobreza está em declínio, as colheitas mais abundantes e os seres humanos estão vivendo vidas mais longas e saudáveis, malgrado o leve aquecimento que temos experimentado. E, apesar desses avanços (ou talvez por causa deles), os líderes ocidentais estão se preparando para, convenientemente, limitar o crescimento, transferir riqueza e centralizar o poder da forma como os progressistas sempre sonharam.”  David Harsanyi

Gostou do texto? Ajude o Instituto Liberal no Patreon!

Comentários

  1. O mundo não vem aquecendo. Ela vem variando 1,5 grau pra cima e para baixo desde 1979, e caindo desde 2007. E se fosse um aquecimento não seria malgrado, mas positivo, visto que o calor é bom tanto para as plantas que crescem mais rápido e mais volumosas, quanto para nós humanos. Veja os grandes avanços da humanidade, foram todos em períodos de temperaturas altas. Esse papo inventado de que o mundo está aquecendo tem de acabar e a velha e boa ciência tem de ser resgatada das mãos desses loucos. Ahhh pesquisem também os nomes que estão nos conselhos das maiores tradings de créditos de carbono e a luz se fará presente no debate. É sempre assim, seguir o dinheiro revela coisas do arco da velha, inclusive destrói a mentira de que as companhias de petróleo financiam os “céticos” e não os marxistas verdes:

    – WWF foi financiada pela Shell e teve ligações com a mesma desde 1961: http://nofrakkingconsensus.com/2012/04/11/the-wwfs-vast-pool-of-oil-money/
    – É apenas dinheiro, moda e poder. O domínio do debate pela falácia: http://nofrakkingconsensus.com/2011/02/14/it-isnt-a-conspiracy-its-just-money-fashion-power/

    • “O mundo não vem aquecendo” Acho que tá na hora de você tirar a cabeça do chão, avestruz…

      Calor é bom para plantas, assim como água e CO2. Porém, os três podem muito bem destruir e impedir o crescimento de um ecossistema, caso houvesse um aumento abrupto e a plantas não tivessem tempo de se adaptar. Os efeitos negativos são muito maiores que os positivos. Pegando a agricultura, ela seria totalmente interrompida por inundações e secas. A agricultura também pode ser perturbada por queimadas e mudanças na periodicidade sazonal, que já está ocorrendo, e alterações nos campos e suprimentos de água poderia impactar pastagem e bem-estar dos animais domésticos. Aumento da temperatura também pode ter um efeito maior sobre os países cujo clima já está próximo ou num limite de temperatura e dependem de sementes e outras coisas – nos trópicos ou sub-Saara, por exemplo. Bill Gates fala disso, nesse vídeo rápido (https://www.youtube.com/watch?v=CyXyy8aFEqY) Acho que podemos concordar que ele está longe de ser um marxista, não é?

      Não sei de onde tirou que os maiores avanços da humanidade foram em períodos de temperaturas altas, mas é um argumento comum. As temperaturas altas nesse período são demarcadas não pela superfície do planeta como um todo, mas pelo lugar específico, como o aumento de temperatura que a Europa sofreu na idade média.

      Procure pelo “Berkeley Earth Project”, projeto financiado pro entidades particulares que negam o aquecimento global. Vai achar interessante o resultado final.

      • Me ofender não vai mudar o fato de que você acredita num engodo. Sua “opinião” é típica de quem acredita no AGH. Citar Bill Gates não vai ajudar muito…

        • Mas amigo, você pode mudar minha opinião ou que acredito nesse engodo. Só demonstrar que o que falei está errado, em vez de dizer frases prontas.