Frase do dia

“O pensamento que é silenciado é sempre rebelde. Maiorias, é claro, estão frequentemente erradas. Eis porque o silenciamento das minorias é necessariamente perigoso. Crítica e dissidência são o antídoto indispensável para as grandes ilusões”.  Alan Barth

Ajude o Instituto Liberal no Patreon!
João Luiz Mauad

João Luiz Mauad

João Luiz Mauad é administrador de empresas formado pela FGV-RJ, profissional liberal (consultor de empresas) e diretor do Instituto Liberal. Escreve para vários periódicos como os jornais O Globo, Zero Hora e Gazeta do Povo.

2 comentários em “Frase do dia

  • Avatar
    19/12/2014 em 6:26 pm
    Permalink

    Frase quase perfeita:

    “Somente uns poucos preferem a liberdade. A maioria não anseia a mais que ter senhores justos”
    Eu mudaria para:

    “Somente uns poucos preferem a liberdade. A maioria não anseia a mais que ter senhores BONZINHOS”

    Sim, porque culturalmente, devido a cultura baseada em ideologia estabelecida, a bondade é a qualidade suprema e tudo em seu nome torna-se justificável.
    Assim, as ideias de HONESTIDADE e JUSTIÇA foram subjugadas como imperativos éticos e morais pela “superioridade” moral da BONDADE ou o autocontraditório altruismo. Onde o altruista maldiz o egoísta por este pensar mais no seu próprio bem do que no bem do altruísta que o ataca ferozmente. (o altruista almeja beneficio direto ou indireto para si mesmo: um beneficio direto a si ou a redução e mesmo mal daquele que inveja).

    Assim, TODO altruísmo não passa de EGOCENTRISMO, já que o verdadeiro “bom samaritano” deve ser um empedernido egoísta que pratica o bem aos demais por assim sentir-se satisfeito e recompensado pelos sinceros sentimentos que o fazem feliz por ajudar outros, MESMO que sem qualquer publicidade de seu valor pessoal.

    (ja tinha tentado postar antes, mas curiosamente não foi)

  • Avatar
    19/12/2014 em 6:24 pm
    Permalink

    Silenciar os divergentes é fundamental para manter a chamada “espiral do silêncio”, já que há a tendencia de se preferir errar acompanhado do que acertar sozinho. O medo da patrulha ou de ser menosprezado por se opor à aparente maioria e ser pela maioria considerado menor ou inferior é assustador, sobretudo para aqueles inseguyros sobre si mesmos.

    Assim, deixar que idéias divergentes tenham defensores é permitir que muitos a elas se juntem. A internet veio na hora certa, pois sem ela e com a midia absolutamente catequizada pela doutrinação socialista inclusive imersa na ideia da “moral deles e a nossa moral”, certamente o mundo seria atyualemnte uma Cuba ou Coréia do Norte. A escravidão estaria plenamente restabelecida como sistema de produção socialista. Afinal, os velhos senhores de escravos também defendiam a escravidão como fundamental para a alimentação/sobrevivencia da população, sob a idéia de que sem escravos não se teria bens em quantidades suficientes para todos. Essa era a empulhação dos senhores de engenho que acreditavam, de coração e não de cerebro, que a fartura de uns depende da miséria de outros, tal e qual alegam os socialistas. …só mais uma coincidência entre o pensamento de escravocratas e socialistas.

Fechado para comentários.