Vândalos, de onde vêm?


ARTHUR CHAGAS DINIZ*

As badernas ocorridas nas últimas semanas, tanto no Rio quanto em São Paulo, marcam uma nova fase de protestos na vida pública. Os dois movimentos, tanto o carioca quanto o paulista, são caracterizados pela vandalização. Não são protestos de natureza política, do que se pode inferir da (des)qualificação dos baderneiros.

Há muita coisa para reclamar no Brasil. A partir dos impostos. O brasileiro paga, em média, cerca de 40% do que ganha para sustentar o aparato estatal. E nem se diga que o alto custo representa a prestação de serviços de qualidade. Um serviço essencial como a assistência médica é entendido por seus principais agentes (médicos) como um seguro para aposentadoria (deles). A preferência é pelo consultório próprio.

Leia também:  “Não é não”: isso também vale para a militância politicamente correta

A população não reclama disto. Reclama e faz baderna quando se efetiva qualquer aumento no preço das passagens de ônibus. Aí aparecem os vândalos. De onde vêm?

* VICE-PRESIDENTE DO INSTITUTO LIBERAL

 

Saiba mais (N.E.):
Vândalos atacam a Câmara de Botucatu  – G1 / Bauru e Marília,  15/07/2013
Vândalos estão sendo monitorados e investigados, diz Polícia Civil do Rio  – UOL Notícias / Protestos pelo Brasil / 12/07/2013  –  21h20
Beltrame: ‘Não há como separar o vândalo do manifestante’ – O Dia / Notícias – 07/07/2013 00:12:07

  

Leia também:  Caixa 2 e Corrupção, o que se vê e o que não se vê
FONTE DA IMAGEM: WIKIPÉDIA
LINKS ACRESCIDOS PELA EDITORIA
Ajude o Instituto Liberal no Patreon!
Instituto Liberal

Instituto Liberal

O Instituto Liberal é uma instituição sem fins lucrativos voltada para a pesquisa, produção e divulgação de idéias, teorias e conceitos que revelam as vantagens de uma sociedade organizada com base em uma ordem liberal.