Textos Para Entender O Golpe De 64

  O tema é extremamente carregado de paixões e revanchismos (de todos os lados). No entanto, em razão da passagem dos 50 anos do Golpe,  surgiram nos últimos dias alguns textos bastante interessantes que podem auxiliar o leitor a melhor compreender o fato e o próprio Regime Militar:   “1964: golpe ou revolução?”, Laurentino Gomes “Regime […]

Marcha-da-familia-com-deus-pela-liberdade-29-03-14-615x340

 

O tema é extremamente carregado de paixões e revanchismos (de todos os lados). No entanto, em razão da passagem dos 50 anos do Golpe,  surgiram nos últimos dias alguns textos bastante interessantes que podem auxiliar o leitor a melhor compreender o fato e o próprio Regime Militar:

 

Gostou do texto? Ajude o Instituto Liberal e Fabio Ostermann no Patreon!

Comentários

  1. “Resumo do que penso sobre 1964”, por Olavo de Carvalho.
    http://www.olavodecarvalho.org/textos/resumo_1964.htm

    “Relembrando o irrelembrável”, por Olavo de Carvalho.
    http://www.olavodecarvalho.org/semana/080414dc.html

    “O regime militar e a oposicao armada (10, final): Uma avaliação pessoal da luta armada”, pelo diplomata Paulo Roberto de Almeida.
    http://diplomatizzando.blogspot.com.br/2014/03/o-regime-militar-e-oposicao-armada-10.html#sthash.Df09r1wm.dpuf

    “31 de Marco de 1964 – 18 de Marco de 2014: quase 50 anos do “golpe” (para nao ser comemorado, assim parece…)”, pelo diplomata Paulo Roberto de Almeida.
    http://diplomatizzando.blogspot.com.br/2014/03/31-de-marco-de-1964-18-de-marco-de-2014.html#sthash.rDF8hVi4.dpuf

    Se for feita uma boa busca em ambos os sites, pode-se encontrar outros bons textos a respeito do regime militar.

    P.S.: Acima apresentei um link para o artigo de Villa por haver uma falha no link da lista para o referido artigo.

    • Fabio Ostermann

      Beleza, obrigado pelo toque e pelas sugestões adicionais!

  2. “Golpe à brasileira”, por Marco Antonio Villa.
    http://www.libertarianismo.org/index.php/artigos/golpe-brasileira/

    • Fabio Ostermann

      Excelente texto, mas já está na lista (é o 7°)