fbpx

Por que a TV aberta abandonou a programação infantil?

Recentemente o SBT declarou o fim do seu programa matinal de desenhos animados, o Bom Dia e Cia. O programa, que existe desde 1992, foi uma das memórias mais marcantes das crianças brasileiras, junto com outros clássicos como Pica Pau e TV Globinho nestas últimas décadas. Porém, o desaparecimento dos programas deste tipo na TV aberta se tornou praxe.

Há anos a Record deixou de transmitir o Pica Pau na TV, desde 2012 mais exatamente, isso após lutar com todas as forças para tirar os direitos de transmissão do desenho do SBT, para transmitir o seu Cidade Alerta, um programa que todos concordam em que não tem nada de infantil. No mesmo ano, a Globo sepultou a TV Globinho para dar espaço para o Encontro com Fátima Bernardes, um programa de teor mais adulto.

Isso ocorreu devido a uma portaria que, com o objetivo de pregar o bom samaritanismo em favor das crianças, proibiu em definitivo toda e qualquer propaganda direcionada à publicidade infantil. Embora o código do consumidor já proibisse publicidades nocivas para crianças, a portaria do Conanda expedida em 2012 em caráter provisório e em 2014 em caráter definitivo acabou por sepultar toda e qualquer publicidade diretamente veiculada para crianças na TV aberta. Note que é apenas para TV aberta.

Com isso, as principais emissoras não viam mais viabilidade financeira de transmitir desenhos animados para o público infantil. A situação se tornou pior para a Band, que investiu uma quantia considerável em programas infantis em 2012, tendo que se livrar dos mesmos logo após. Já a emissora do homem do baú, o SBT, se postou como um bastião da transmissão dos desenhos em TV aberta.

Silvio Santos na época, indagado se continuaria a transmitir desenhos, chegou a declarar que passar desenhos era uma obrigação moral da TV para oferecer entretenimento aos pequenos. Tanto que recentemente o SBT concentrava todos os programas infantis na TV aberta, mas aparentemente os anos consecutivos de prejuízo mudaram a mente de Sílvio Santos, já que o Bom Dia e Cia e os programas infantis irão se encerrar também no SBT.

A medida lotada de bom mocismo por parte de seus defensores acabou por tirar a maior fonte de entretenimento infantil de crianças sem acesso à internet e à TV a cabo para a maior exposição a programas de teor adulto. Enquanto isso, as crianças mais abastadas – e nem falo de classe A, apenas alguém cujo responsável possa pagar uma internet ou um canal infantil via TV a cabo ou ainda um serviço de streaming – seguem tendo os desenhos à sua disposição para assistir 24 h.

Em um ato de bom mocismo do abuso do poder estatal por parte dos ditos bons samaritanos, crianças carentes foram privadas de seu maior entretenimento via TV enquanto se tornam cada vez mais expostas a temas adultos inadequados à sua idade de maneira precoce.

* Artigo publicado originalmente na página Liberalismo Brazuca no Facebook.

Instituto Liberal

Instituto Liberal

O Instituto Liberal é uma instituição sem fins lucrativos voltada para a pesquisa, produção e divulgação de idéias, teorias e conceitos que revelam as vantagens de uma sociedade organizada com base em uma ordem liberal.