fbpx

O parasita rubro continua a apatifar!

O parasita socialista Luiz Fernando Veríssimo ataca e apatifa outra vez… Em seu artigo de 20 de fevereiro, de sua coluna de Zero Hora na página 4, sob o chamativo título Apatifam-nos, ele segue sua saga!

O piadista parasita rubro que vive do insuflamento de uma ideologia política e religiosa destruidora, disfarçada de sistema econômico, segue pregando sua paixão inabalável e seu analfabetismo econômico, visando à manipulação de um público – em geral – simplório em nível de economia.

Acometido de problemas mnemônicos, esquece-se das orgias verborrágicas de seu condenado ídolo. Lembram-se das “mulheres do grelo duro”? Ou talvez da Pelotas “exportadora de viados”?

Pior: desmemoriado do maior assalto aos cofres públicos da história, via achaques a empresas e aos bancos estatais!
Bolsonaro é mesmo um falastrão, mas indignação seletiva não vale!

O esquecido parasita vermelho agride a economia de Paulo Guedes.

O romancista sabe, mas omite e mente, que a natureza dessa utópica religião fundamentalista é parasitária.

Só pode acontecer com a geração de riqueza anterior que verdadeiramente acontece numa economia de mercado.

A mentira vermelha precisa imperiosamente de um anfitrião capitalista para ludibriar inicialmente e lamentavelmente trazer a fome e a pobreza quando termina o dinheiro daqueles que empreendem e produzem.

O parasita ideológico e sua parasitária fé sabem que todos os benefícios do bem-estar socialista em todas as sociedades capitalistas são pagos pelos capitalistas e pelas pessoas trabalhadoras.

Na ausência de livre mercado, como de fato ainda acontece por aqui, com intervenções e regulação excessiva e burocrática, o show da esquerda festiva desaparece, surgindo a triste realidade da pobreza geral.

O parasita vermelho, com sua ignorância econômica, continua sugando e tentando obscurecer os incentivos e a motivação que indivíduos em uma economia de mercado têm para se esforçarem, assumirem riscos e explorarem todo o potencial de suas habilidades e suas competências.

Senhor parasita esquecido, lembro que sua religião socialista, quando não mais dispõe de um hospedeiro capitalista, rapidamente entra em colapso como resultado de sua própria natureza débil.

Mais cedo ou mais tarde, o dinheiro dos outros também acaba!

Ei! Lembrou-se de ler as páginas de hoje sobre a venerada Venezuela de Maduro?!

Não adianta. O parasita colunista de Zero Hora não irá parar de defender sua farsa, construída sobre mentiras como as suas, além de muita corrupção e outras perversidades.

Alex Pipkin

Alex Pipkin

Doutor em Administração - Marketing pelo PPGA/UFRGS. Mestre em Administração - Marketing pelo PPGA/UFRGS Pós-graduado em Comércio Internacional pela FGV/RJ; em Marketing pela ESPM/SP; e em Gestão Empresarial pela PUC/RS. Bacharel em Comércio Exterior e Adm. de Empresas pela Unisinos/RS. Professor em nível de Graduação e Pós-Graduação em diversas universidades. Foi Gerente de Supply Chain da Dana para América do Sul. Foi Diretor de Supply Chain do Grupo Vipal. Conselheiro do Concex, Conselho de Comércio Exterior da FIERGS. Foi Vice-Presidente da FEDERASUL/RS. É sócio da AP Consultores Associados e atua como consultor de empresas. Autor de livros e artigos na área de gestão e negócios.