Liberdade de escolha e o capitalismo

Em termos de competição, o capitalismo é um sistema como todos os outros. O que diferencia o capitalismo dos demais modelos econômicos é a liberdade de escolha.  Nesse contexto, as liberdades de mercado e de concorrência se configuram como os princípios responsáveis por elevar o padrão de vida da população e ainda criar bens e serviços de melhor qualidade e mais acessíveis aos cidadãos.

O capitalismo, na verdade, é um sistema de trocas voluntárias, baseado em transações livres de bens e serviços. Além disso, vale frisar que estas ocorrem na ausência integral de coerção e se baseiam no respeito absoluto à integridade da propriedade privada.

Leia também:  Série Heróis da Liberdade: George Orwell

Diante do cenário de trocas voluntárias, as competições surgem de forma natural; isso porque o tempo é sempre um recurso limitado, portanto percebe-se que a escassez gera a competição. Dessa forma, o custo de oportunidade evidencia que a competição está em todos os lugares.

Nesse sentido, na liberdade de escolha há muito mais cooperação que competição envolvida no ato de fornecer bens e serviços

A competição no mercado é o que permite a escolha em meio à escassez. Dado que os recursos são escassos e o tempo limitado, as pessoas têm que fazer escolhas. Em consequência, a competição sempre será uma parte inerente a todo e qualquer sistema econômico.

Leia também:  As raízes dos negócios inovadores de impacto ambiental e social

A característica precípua do capitalismo de livre mercado é a liberdade de escolha. Pessoas que criticam a competição estão, na verdade, pedindo para que o estado substitua a competição entre produtores para ver quem conquista voluntariamente mais consumidores, o que é ilógico, pois todos se beneficiam desse movimento.

Por fim, temos o capitalismo como único arranjo em que existe a liberdade de escolha do indivíduo. Quando comparamos o livre mercado com outros sistemas nos quais a competição é mais árdua e difícil, pois existe o cerceamento da liberdade de escolha, a lei que prevalece é a sobrevivência do mais forte, porque a disputa fica centrada em quem obtém mais favores dos burocratas em cargos de poder. 

Leia também:  Quando políticos se beneficiam da coisa pública

*Bharbara Pretti é Associada do Instituto Líderes do Amanhã, membro do comitê de formação do Instituto e sócia da Pretti Cargas.

Ajude o Instituto Liberal no Patreon!
Instituto Liberal

Instituto Liberal

O Instituto Liberal é uma instituição sem fins lucrativos voltada para a pesquisa, produção e divulgação de idéias, teorias e conceitos que revelam as vantagens de uma sociedade organizada com base em uma ordem liberal.