Instituto Liberal apoiou II Jornada de Direito e Liberdade em Petrolina

O Instituto Liberal foi fundado em 1983 com a intenção de introduzir a defesa das ideias do espectro do liberalismo a partir de vias institucionais. Décadas depois, satisfeito em ver que seu trabalho rendeu frutos e outras instituições similares já existem para colaborar com esse esforço, o IL se felicita especialmente pela pujança que essas ideias ganharam no terreno nordestino.

Interessado na prosperidade de todas as regiões do Brasil, o IL abraça iniciativas do Oiapoque ao Chuí. Por isso mesmo, teve o prazer e a honra de apoiar a II Jornada de Direito e Liberdade do Vale do São Francisco, realizada na cidade de Petrolina, em Pernambuco, neste fim de semana (22 e 23 de novembro), no Auditório Central da Facape. O evento é uma iniciativa do Instituto Libercracia, um parceiro jovem e dedicado fundado por liberais e libertários do Sertão.

Leia também:  O dilema de Kevin Carter, a ética e os abutres anti-Lava Jato

Na sexta-feira (22), o advogado e doutor em Direito Processual Civil Ricardo Alexandre da Silva abriu o evento com o tema “Fundamentos morais do liberalismo em Hayek”, autor divulgado pelo IL desde sua fundação. Em sequência, com o tema “Por que devemos acabar com a Justiça do Trabalho”, discursou o também advogado e conselheiro do coirmão Instituto Mises Brasil, Rodrigo Saraiva Marinho.

A noite se encerrou com o diretor-presidente do IL, Lucas Berlanza, que fez uma saudação institucional pessoalmente aos parceiros do Libercracia e abordou o tema “Carlos Lacerda: liberalismo e democracia”.

No sábado (23), o evento recomeçou bem cedo, com o advogado e mestre em Economia Alberto Rodrigues dissertando sobre o tema “Liberdade Econômica, Direitos Humanos e Direito”. Com o título “Caminhos para a Liberdade”, mote geral do evento, falaram o professor João Antônio Santana e o pós-graduando em Geopolítica, escritor e pesquisador Alan da Silveira. O advogado Reginaldo Gomes abordou o tema “Educação para o atraso em cortejo para liberdade de cátedra”. O também advogado e filósofo Anderson Wagner tratou com profundidade, a partir do pensamento de Hannah Arendt, do tema “O Liberalismo para Homens em tempos sombrios”. O primeiro bloco se encerrou com uma palestra de Carlos Gonçalves, também advogado, tentando responder à pergunta: “Direito de Propriedade e Proteção Ambiental: inimigos ou aliados?”.

Leia também:  Por que a esquerda é contra a reforma da Previdência

Após um intervalo, o advogado Paulo Demchuk e o juiz federal Arthur Napoleão concluíram o evento debatendo o tema “Lei de Abuso e aplicabilidade no Poder Judiciário”.

Ajude o Instituto Liberal no Patreon!
Instituto Liberal

Instituto Liberal

O Instituto Liberal é uma instituição sem fins lucrativos voltada para a pesquisa, produção e divulgação de idéias, teorias e conceitos que revelam as vantagens de uma sociedade organizada com base em uma ordem liberal.