Impostômetro: maior arrecadação da História

Às 11h45 os brasileiros já terão pago R$ 1,2 trilhão em tributos em 2010 Nesta terça-feira, 14 de dezembro, o Brasil atingirá mais um recorde na arrecadação de impostos. O Impostômetro, ferramenta eletrônica desenvolvida pelo Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário – IBPT em parceria com a Associação Comercial de São Paulo – ACSP e que […]

Às 11h45 os brasileiros já terão pago R$ 1,2 trilhão em tributos em 2010

impostômetro

Impostômetro

Nesta terça-feira, 14 de dezembro, o Brasil atingirá mais um recorde na arrecadação de impostos. O Impostômetro, ferramenta eletrônica desenvolvida pelo Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário – IBPT em parceria com a Associação Comercial de São Paulo – ACSP e que calcula em tempo real o valor arrecadado pelos governos federal, estaduais e municipais, atingirá R$ 1, 2 trilhão.

“Jamais esta marca foi atingida, pois o total de arrecadação do ano passado foi de R$ 1,09 tri”, observa o presidente do IBPT, João Eloi Olenike. Até o fim deste ano a previsão é que seja arrecadado R$ 1,27 trilhão.

Leia também:  Os problemas da busca pela igualdade (segunda parte)

O “Impostômetro” foi inaugurado em 20 de abril de 2005 pelo Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário – IBPT, responsável por calcular o valor resultante do equipamento. *

Pela Internet (www.impostometro.com.br) qualquer cidadão pode acompanhar o total de impostos pagos pelos brasileiros.

O IL E OS IMPOSTOS NO BRASIL**

Desde seu início, o Instituto Liberal defende o enxugamento do Estado brasileiro porque está em seu gigantismo a necessidade e avidez tributária.

NOTAS - ILNo NOTAS – documento que avalia os projetos de lei em tramitação no Congresso Nacional – desde o número 22 o IL aborda o tema da reforma tributária e fiscal no Brasil. Você pode acompanhar esses estudos pelo site do IL [vide links abaixo] ou por documentos ainda não digitalizados na biblioteca Ludwig Von Mises, do Instituto.

Leia também:  A decadência do politicamente correto: Marcia Tiburi mostrou como age um fascista de fato

A seguir, títulos publicados pelo IL sobre o tema na série NOTAS:

20. Reforma Fiscal I

21. Reforma Fiscal II

56. Reforma tributária

62. Imposto sobre circulação de mercadorias

76. As reformas e o tamanho do Estado

78. Reforma tributária

84. Mini-reforma tributária de 2001

86. Uma meta para a política fiscal

92. Uma nova derrama

111. Reforma Tributária

 

* Fonte: De León Comunicações

** Ligia Filgueiras, editora

Gostou do texto? Ajude o Instituto Liberal no Patreon!
Leia também:  A legalidade atacada à esquerda e à direita