fbpx

Expansão monetária: boa para os ricos, ruim para o resto da economia

NCPA *

Diante do crescimento vagaroso da economia, o Federal Reserve foi em busca de uma nova rodada de expansão monetária [ou flexibilização quantitativa, em inglês – “quantitative easing“] para ajudar a aliviar as preocupações de ordem econômica. No entanto, a política do Fed é simplesmente um programa de redistribuição regressiva que tem aumentado a riqueza daqueles que já atuam no setor financeiro ou dos que já têm casa própria, mas que vem passando de longe do resto da economia, de acordo com Anthony Randazzo, diretor de estudos econômicos da Fundação Reason.

A atual rodada de expansão monetária poria o movimento Ocupy Wall Street em pé de guerra com as políticas que ajudam os ricos.

  • A expansão monetária leva à recuperação dos preços das ações. Isso está no cerne da teoria de trickle-down [ou da “vazão”, literalmente, em português]: a de que o aumento da riqueza no topo acaba por ajudar aqueles em degraus abaixo na escada econômica.
  • Além disso, a maioria das ações de empresas está em mãos dos 10 por cento mais ricos, o que significa que a expansão monetária afeta uma população restrita de americanos.
  • E ainda: a expansão monetária levará os investidores a investirem em commodities, o que eleva o preço das coisas, como a gasolina, a carne e o pão.
  • Por fim, o Fed facilitou o caminho para que as empresas tomem dinheiro emprestado, ao tornar artificialmente mais baratos os juros.

Está mais do que hora de se perceber que a expansão monetária não é a solução para o fraco desempenho econômico. A questão fundamental que nos conduziu à crise financeira (empréstimos baratos que levaram as empresas a alavancar os preços da habitação) é a mesma que o Fed está endossando em sua política.

O novo plano vai simplesmente aumentar o número de maus investimentos de risco e aumentar a desigualdade de renda. Mesmo que os bancos comecem a emprestar mais, isso não vai ajudar as pessoas a quitarem suas dívidas nem irá melhorar o mercado imobiliário. Não vai ajudar a resolver o forte endividamento nem alterar o número de execuções hipotecárias a serem processadas. No final, não vai ajudar quase nada o americano médio.

Texto na íntegra: Anthony Randazzo, “How Quantitative Easing Helps the Rich and Soaks the Rest of Us,” Reason, September 13, 2012.

*NATIONAL CENTER FOR POLICY ANALYSIS

Tradução/adaptação LIGIA FILGUEIRAS

.

Fonte da imagem: Wikipedia
Instituto Liberal

Instituto Liberal

O Instituto Liberal é uma instituição sem fins lucrativos voltada para a pesquisa, produção e divulgação de idéias, teorias e conceitos que revelam as vantagens de uma sociedade organizada com base em uma ordem liberal.