fbpx

Donald Stewart, um par de sapatos e o BC

O falecido empresário Donald Stewart Jr, fundador do Instituto Liberal, gostava de contar um fato que se verificou com ele: ao visitar a antiga União Soviética, entrou em um mercado e viu um par de sapatos que, de tão feios, despertaram a sua atenção. Resolveu comprá-los para exibi-los como “troféu” quando voltasse ao Brasil. Chamou então o vendedor e pediu o seu número. Para seu espanto, além do funcionário público dizer-lhe que não tinha o seu número, informou que levaria ainda de três a quatro meses para chegar uma nova leva de calçados, porque a produção de cada bem era rigorosamente calculada pela autoridade central, ou seja, por um bando de tecno-burocratas metidos a besta, com os peitos cheios do ar da pretensão do conhecimento.

Ora, pois, se os tecnocratas não são capazes nem de saber quantos calçados e de que tamanho devem ser produzidos, como é que a imensa maioria das pessoas acredita na fábula de que os iluminados dos bancos centrais podem saber que exata quantidade de moeda deve circular em um país durante certo período de tempo? E mais, como podem saber quais os efeitos que essa quantidade de moeda irá provocar na economia, vale dizer, nas taxas de juros, nas preferências temporais, na estrutura de capital, na produção, no consumo, nos preços relativos e na inflação (ou deflação)?

O trecho acima integra o artigo “É muita pretensão!“, escrito por Ubiratan Iorio para o site do Instituto Ludwig von Mises do Brasil.

Instituto Liberal

Instituto Liberal

O Instituto Liberal é uma instituição sem fins lucrativos voltada para a pesquisa, produção e divulgação de idéias, teorias e conceitos que revelam as vantagens de uma sociedade organizada com base em uma ordem liberal.