fbpx

Contra a “bisbilhotice”, nada como uma “bizarrice estatal”

JOÃO LUIZ MAUAD *

Einstein costumava dizer que “um dos sintomas da insanidade é fazer tudo sempre do mesmo jeito, dia após dia, e esperar resultados diferentes”.  Lembro desta frase sempre que leio sobre qualquer novo empreendimento do governo brasileiro, voltado a sanar as ditas deficiências do mercado.

A última grande ideia dos próceres petistas, muito preocupados com a “bisbilhotice” dos americanos sobre a correspondência dos brasileiros, foi o desenvolvimento de um sistema genuinamente nacional de correio eletrônico, a ser executado e gerenciado pela Empresa Brasileira de Correios – muito bem apelidado pelo presidente do IL de “E-mailBras”.

Já posso imaginar a montanha de dinheiro que será gasta para colocar no mercado esta magnífica alternativa brasileira aos populares Hotmail, yahoo e Gmail, com a garantia “antimonitoramento” do governo federal. E a coisa já nasce como como um verdadeiro monstrengo, a começar pelo nome escolhido:”Mensageria Digital”.  Será que tem alguma chance de dar certo?

É incrível como qualquer situação é desculpa para o governo sair gastando fortunas em empreendimentos sem qualquer chance de êxito.  Lembram-se, por exemplo, da famigerada TV-Brasil, uma alternativa estatal para os telespectadores cansados da mesma “charopada” exibida diariamente pelos canais privados?  Pois é.  Até hoje, o IBOPE dela é “traço”.  Ninguém quer ver aquilo, assim como, provavelmente, ninguém vai utilizar o serviço de correio eletrônico dos correios – exceto os órgão e instituições públicos, que certamente serão obrigados.

Mas o pior de tudo é insistir nessa palhaçada mesmo sabendo que, no passado recente, os correios não conseguiram sequer manter de pé um tal “correiosnet”, serviço de e-mail daquela empresa que acaba de ser sepultado, provavelmente pela mais absoluta falta de usuários.

É mole ou quer mais?

* ADMINISTRADOR DE EMPRESAS

Instituto Liberal

Instituto Liberal

O Instituto Liberal é uma instituição sem fins lucrativos voltada para a pesquisa, produção e divulgação de idéias, teorias e conceitos que revelam as vantagens de uma sociedade organizada com base em uma ordem liberal.