Califórnia: ambiente tóxico para empresas

NCPA*

Durante muitos anos, a Califórnia pôde contar com seu clima temperado e uma força de trabalho talentosa para atrair e manter empresas, mesmo quando os impostos e a regulamentação aumentavam. Já não pode mais. Em diversas pesquisas, quase sempre os executivos expressam sua visão de que a Califórnia tem um dos ambientes mais tóxicos do país para empresas, e dizem que é um dos lugares mais improváveis em que abririam ou expandiriam suas firmas. Muitas empresas sediadas na Califórnia dizem que abandonaram planos de expansão no estado. É o que reportam, em artigo para o Los Angeles Times, Wendell Cox, adjunto do corpo acadêmico do National Center for Policy Analysis, e Steven Malanga, conselheiro sênior do Manhattan Institute.

  • A Califórnia tem uma taxa de desemprego de 2 pontos percentuais acima da média nacional.
  • De 1992 a 2000, a Califórnia apresentou mais 777 mil empregos de firmas iniciantes do que perdeu com empresas que fecharam, mas entre 2000 e 2008 perdeu mais 262 mil empregos do que ganhou.
  • Além disso, os empregos estão migrando mais para fora da Califórnia do que entrando, com uma perda líquida de cerca de 80 mil empregos por conta de migração para estados como o Texas e o Oregon, entre 2000 e 2008.
  • Entre os empregos que o estado criou 35 por cento deles foram na área de construção e mercado imobiliário – empregos que, segundo o Escritório de Estatísticas do Trabalho, desapareceram desde então.
Leia também:  Tigrão, tchutchuca, mentiroso e outras descortesias, que horror!

O triste ambiente para negócios na Califórnia se deve a uma multidão de fatores, incluindo-se neles seu clima regulatório pesado, a política de impostos e os crescentes custos com ações judiciais. Através da legislação trabalhista e das regulamentações ambientais, a Califórnia assustou um bando de empresários que não podem arcar com os custos adicionais decorrentes do cumprimento de uma legislação complexa. Os pesquisadores avaliam que as regulações custam às empresas instaladas no estado US$493 bilhões ao ano, ou quase US$135 mil por empresa, e isso levou muitas empresas a fugirem para estados relativamente isentos de regulação.

Leia também:  O petismo é uma doença ou um incurável problema de comportamento?

Importantes políticas de tributação das empresas também tornaram a Califórnia nada atrativa para empreendimentos. De acordo com a Fundação sobre Tributação, a Califórnia tem a segunda mais pesada carga tributária sobre empresas.

E para concluir, o medo de ações judiciais afugentou as empresas, especialmente quando considerado em conjunto o complexo clima regulatório.

 

Fonte: Wendell Cox e Steven Malanga, “California — Toxic for Business,” Los Angeles Times, November 14, 2011.

 

*National Center for Policy Analysis

 

 

TRADUÇÃO / adaptação: LIGIA FILGUEIRAS

 

Fonte da imagem: Wikipedia

Leia também:  A parábola do Surfista Prateado: como uma sociedade pode tornar-se autocrática

Ajude o Instituto Liberal no Patreon!
Instituto Liberal

Instituto Liberal

O Instituto Liberal é uma instituição sem fins lucrativos voltada para a pesquisa, produção e divulgação de idéias, teorias e conceitos que revelam as vantagens de uma sociedade organizada com base em uma ordem liberal.