fbpx

Briga entre médicos e governo

MILTON SIMON PIRES *

O Conselho Regional de Medicina do Estado do Espírito Santo negou, nesta segunda-feira (9), o registro para dois médicos com formação fora do país contratados pelo Programa Mais Médicos, do Governo Federal. Um deles é espanhol e o outro um brasileiro com formação no exterior. Eles atuariam na Serra e em Viana. Os dois tiveram os registros negados depois de serem reprovados nas avaliações de domínio da língua portuguesa e o revalida, teste criado para avaliar médicos formados em outros países. Os profissionais considerados não habilitados pelo CRM ainda podem recorrer. Os meus mais sinceros parabéns ao Presidente do CRM daquele estado, Dr.Aloísio Faria de Souza pela coragem e pela hombridade de representar todos os médicos brasileiros na sua indignação contra essa vergonha chamada “Mais Médicos”.

Afirmo ao senhor, Dr.Aloísio, que a Lei não é sinônimo de Justiça. Dizem os advogados que a Lei pode trazer, em si, não só o Direito como também o Anti-Direito. Não só é facultado, mas também dever de todo cidadão de bem, insurgir-se contra uma medida provisória injusta e que fere a Constituição da República, que reduz o atendimento médico a pura estratégia eleitoral e que desvia milhões dos cofres públicos para o Governo de Havana.

Sabemos todos nós que não faltam médicos no Brasil, que eles estão é mal distribuídos e acumulando-se em grandes centros em função do sucateamento do SUS, do desvio de dinheiro e das péssimas condições de trabalho. Enquanto o Governo Federal não aceitar isso como verdade, insisto que não vai haver médico atendendo longe das capitais em número suficiente.

Não se enganem aqueles que pensam que o fato da classe médica ser desunida, como de fato é, há de solucionar o problema para os políticos. Egoísmo algum é maior do que o bom senso que há de chamar à razão aqueles que se aventurarem nessas espeluncas que são os serviços de saúde no Brasil do PT.

Apesar de todos sabermos que o Mais Médicos está sendo um fracasso, uma coisa quero lembrar: pouco interessa ao PT que os médicos estejam ou não assumindo os postos. O objetivo dessa gente era outro – apropriar-se do dinheiro destinado ao pagamento desses profissionais e isso eles já conseguiram! Pouco importa, portanto, que as pessoas sejam atendidas ou não!

A gravidade e o sentido disso que eu escrevi acima só vão ser compreendidos completamente quando as pessoas entenderem o que representa o Foro de São Paulo, qual sua ligação com o PT, e o que esse partido é capaz de fazer para implantar seus objetivos em toda América Latina. Até que isso ocorra – se ocorrer – a população e a maioria da imprensa vão  continuar entendendo tudo como mais uma “briga entre o Governo e os Médicos.”

* MÉDICO EM PORTO ALEGRE

Instituto Liberal

Instituto Liberal

O Instituto Liberal é uma instituição sem fins lucrativos voltada para a pesquisa, produção e divulgação de idéias, teorias e conceitos que revelam as vantagens de uma sociedade organizada com base em uma ordem liberal.