fbpx

A importância da liberdade para o ser humano

Liberdade tem origem no latim libertas e significa a condição daquele que é livre, ou seja, é a capacidade que alguém tem de agir por si próprio. Isso constitui que um indivíduo pode tomar decisões, independentemente de uma determinação externa, além de arcar com as consequências oriundas de suas respectivas escolhas.

O conceito de liberdade pode apresentar uma vasta gama de definições, podendo abranger a ausência de submissão e de servidão, típicas da liberdade política, mas também pode se relacionar com um tema mais filosófico envolvendo o livre-arbítrio, exempli gratia.

O ser humano sempre requisitou liberdade para poder pensar, fazer escolhas e, por conseguinte, agir com base no que foi decidido. Em consequência disso, esses três fatores são vistos, em uma ditadura, como um verdadeiro “perigo” (e não, não é aquele da série Todo Mundo Odeia o Chris, que vende produtos roubados e falsificados) por todos os que ajudam e fazem parte de tal regime.

Em toda a história da humanidade, existem incontáveis casos em que sociedades inteiras foram utilizadas por meio da coerção de seus líderes, aqueles que compõem o governo, para estes últimos poderem atingir seus propósitos pessoais.

No Brasil, infelizmente, o termo “liberdade” não recebe o mesmo tipo de atenção que, a título de exemplo, “igualdade”. É bastante comum vermos, em nosso cotidiano, pessoas clamando com todas as suas forças (sim, é isso mesmo que você leu) por mais Estado ao invés de vociferarem pelo completo oposto.

Tudo o que acabei de mencionar aqui está de alguma forma enraizado no imaginário popular da sociedade brasileira. O passado paternalista do nosso país contribuiu, e muito, para essa terrível e sinistra herança. Ademais, tal mentalidade acaba invariavelmente por perpetuar a infame ideia do Estado como provedor de “direitos” e “serviços gratuitos”.

Essa terrível realidade, de pensar que a igualdade (no sentido de resultados) está acima da liberdade, está aos poucos mudando em nosso país. A maior prova disso é o fato de vários movimentos políticos, cuja principal defesa é a liberdade, terem surgido nos últimos anos no Brasil.

A esse respeito, convém dizer que, sem a existência de uma verdadeira cultura baseada na valorização, defesa e disseminação das ideias da liberdade, o principal afetado será o indivíduo, que é sempre quem paga o preço. Sendo assim, quando percebemos a preciosidade e a riqueza que é a carga semântica por trás dessa magnífica palavra que rege o presente artigo, podemos compreender, ao menos em parte, a importância que ela desempenha para o ser humano.

Em solo tupiniquim, por rejeitarmos essa tão importante característica da liberdade, nem chega a ser surpresa o fato de se falar em aumentar a intervenção governamental em diversos setores, embora pouco se discuta sobre o que será preciso abdicar para que isso venha a ocorrer, mesmo que seja de conhecimento geral o fato de o Estado brasileiro já ser absurdamente grande.

Por fim, tudo o que pudermos fazer para que finalmente possamos ver triunfar uma nova realidade baseada na liberdade, concordando, obviamente, com o fato inegável de que não existe liberdade sem responsabilidade, pode ser o começo não só de uma nova era para a nossa sociedade, mas também para todos aqueles que estiverem dispostos a defendê-la.

*Rafael Sousa é estudante e ferrenho defensor das ideias da liberdade.

Instituto Liberal

Instituto Liberal

O Instituto Liberal é uma instituição sem fins lucrativos voltada para a pesquisa, produção e divulgação de idéias, teorias e conceitos que revelam as vantagens de uma sociedade organizada com base em uma ordem liberal.