A dívida grega: uma história antiga

NCPA / CATO *

 

Todo o charme lendário da Grécia foi seriamente abalado pela crise financeira e insolvência do país. E a origem está em sua História, recente:

Lá como cá os gregos sabem o que é clientelismo e a política do rent-seeking [i] . Estes são os princípios básicos que vêm orientando a sociedade grega desde a fundação do Estado da Grécia no século XIX. A influência da Igreja Ortodoxa Oriental no nacionalismo grego e o legado do Império Otomano patrimonialista produziram uma sociedade civil fraca. O resultado foi um Estado grego e uma burocracia pública desproporcionalmente grandes com origem nos anos 1800 quando se estabeleceram as condições para as lutas por rent-seeking que se tornaram uma prática. A explicação é do jornalista Takis Michas, do diário nacional grego Eleftherotypia.

  • Desde os anos 1930, o clientelismo político tem desembolsado dinheiro público por meio de aumento de empregos no setor público, regulações que limitam a concorrência e a criação de impostos sobre transações que beneficiam terceiros.
  • O resultado é um sistema que encoraja a corrupção, desencoraja a criação de riqueza e influencia o discurso ideológico no meio do povo.
Leia também:  “Um olhar liberal-conservador sobre os dias atuais”: a lucidez de Catarina Rochamonte

A visão de que o Estado é bom e o mercado é mau é amplamente divulgada, sustentada no espectro político e bem compreendida numa sociedade que pratica o rent-seeking onde todas as atividades, inclusive as transações comerciais, são vistas como política de redistribuição. Mas a concretização da política do “pôr as pessoas acima do mercado” aprofundou ainda mais o clientelismo e gerou a atual crise nacional, segundo Michas.

Fonte: Takis Michas, “Putting Politics above Markets: Historical Background to the Greek Debt Crisis,” Cato Institute, August 15, 2011.

Texto na íntegra:

Leia também:  O defeito do conservadorismo (segunda parte)

http://www.cato.org/pub_display.php?pub_id=13569

 

*Texto condensado pelo National Center for Policy Analysis – NCPA, organização com base em Dallas, Texas, EUA, voltada para o estudo de problemas econômico-sociais e a busca de soluções que ofereçam alternativas privadas e de economia de mercado para a regulamentação e o controle do governo. Não tem fins lucrativos nem vínculo político-partidário.

 

TRADUÇÃO / adaptação: LIGIA FILGUEIRAS


[i] N.Tr. –  Vantagens obtidas por pessoas ou empresas através do Estado. Essas vantagens podem consistir em recursos diretamente dos cofres públicos ou, então, na concessão de privilégios legais (por exemplo, proteção alfandegária) ou de vantagens legais à custa de agentes privados. (Vide site do IL – Galeria dos Autores Liberais – Gordon Tullock / “rent seeking“)

Leia também:  A questão é lutarmos contra o uso indevido da coerção
Gostou do texto? Ajude o Instituto Liberal no Patreon!

Comentários

  1. “siga o argumento até o fim”

    Este talvez seja o maior erro dos Socialistas, de todos os naipes, na atualidade. Independentemente de qualquer juizo de valor sobre o Marxismo, o fato é que não é possível um “Estado Socialista” isolado! Nisto os comunistas históricos tinham razão ou pelo menos coerência. Qualquer tentativa de uma política norteada por ideais socialistas em um pais que esteja inserido em um mundo onde as trocas são reguladas pelo capitalismo inevitavelmente levará ao isolamento deste país ou a sua falência, principalmente em países “em desenvolvimento” onde toda tentativa de implementação de algum tipo de “politica socialista” acaba por se transformar em cientelismo ou paternalismo de estado. Vejam a Coréia do Norte. Segue em seu isolamento ideológico, mas também deverá quebrar em breve. Somente não aconteceu ainda devido ao suporte da China. Ah, a China Comunista. Como ela se enquadra nesta avaliação? Bem, alguém realmente acredita nas estatísticas econômicas vindas da China? Mesmo que sejam verdadeiras, o Brasil cresceu a taxas surpreendentes na década de 70 e o que aconteceu na década seguinte? Lembram-se? Mas seja como for, alguém realmente acredita que a China é um país comunista?…