IL DROPS: DILMA E A MP (700/15) PARA DESAPROPRIAÇÃO DE IMÓVEIS

Confira a edição de hoje do IL Drops com Bernardo Santoro e acompanhe sua análise dos temas mais polêmicos da atualidade.
A pauta de hoje será a MP 700/15 criada por Dilma que permite a desapropriação de imóveis por empresas.

– Confira outros videos e artigos de Bernardo Santoro no site do Instituto Liberal
www.institutoliberal.org.br
‪#‎InstitutoLiberal‬

Instituto Liberal

Instituto Liberal

O Instituto Liberal é uma instituição sem fins lucrativos voltada para a pesquisa, produção e divulgação de idéias, teorias e conceitos que revelam as vantagens de uma sociedade organizada com base em uma ordem liberal.

2 comentários em “IL DROPS: DILMA E A MP (700/15) PARA DESAPROPRIAÇÃO DE IMÓVEIS

  • Avatar
    05/02/2016 em 12:10 am
    Permalink

    alguém poderia me explicar pq, nos que vivemos em uma democracia podemos perder facilmente um imóvel, enquanto volta e meia vejo na Internet rodovias construídas contornando casas de pessoas que se recusaram a vender suas propriedades, isto na China, país onde a liberdade não existe?

    • Avatar
      16/02/2016 em 12:41 pm
      Permalink

      Respondo sinteticamente: Porque vivem sob o domínio do capitalismo predador corrupto que não perde a oportunidade de aplicar a sua essência chamada MAIS VALIA. Ou seja, tirar partido de tudo que possa gerar lucro, valorizar ao máximo um objeto qualquer, criar e inventar valores fictícios. Criar leis para favorecer incorporadores, latifundiários, construtoras e os próprios governantes. Na China isso não existe, porque é um pais que adotou o comunismo, onde ninguém é dono de nada, mas tem direito a tudo. Exigência: Todos tem que trabalhar para dividir os bens com todos. Essa ideia é deturpada pelos defensores da DEMOCRACIA CAPITALISTA, fazendo a cabeça dos jovens nos cursos universitários, que acabam se convencendo que no comunismo você vai dividir sua cama com o seu vizinho… e não é nada disso!. Os Maiores inimigos do socialismo são os Ingleses, Americanos e Judeus!. Ajudou?

Fechado para comentários.