Série Heróis da Liberdade: Aldous Huxley

O homenageado de hoje é Aldous Huxley (26 de julho de 1894 – 22 de novembro de 1963), romancista, filósofo e crítico inglês. Huxley é mais conhecido, principalmente pelos amantes da liberdade, pelo livro Admirável Mundo Novo (1932), romance que expressa sua desconfiança sobre as tendências do século XX na política e na tecnologia. Trata-se de uma visão angustiante de uma sociedade futura na qual o condicionamento psicológico forma a base para um sistema de castas cientificamente determinado e imutável que, por sua vez, oblitera o indivíduo e concede todo o controle ao Estado.

“As pessoas irão amar sua opressão, adorar as tecnologias que desfazem suas capacidades de pensar.”

“O mais profundo pecado contra a mente humana é acreditar nas coisas sem evidência.”

“A vítima da manipulação da mente não sabe que ele é uma vítima. Para ele, as paredes de sua prisão são invisíveis e ele acredita ser livre.”

“A questão da próxima geração não será como libertar as massas, mas como fazê-las amar sua servidão.”

“Em relação à propaganda, os primeiros defensores da alfabetização universal e de uma imprensa livre previam apenas duas possibilidades: a propaganda poderia ser verdadeira ou a propaganda poderia ser falsa. Eles não previram o que de fato aconteceu, acima de tudo em nossas democracias capitalistas ocidentais – o desenvolvimento de uma vasta indústria de comunicação de massa, preocupada não com o verdadeiro ou com o falso, mas com o irreal, o mais ou menos totalmente irrelevante. Em uma palavra, eles não levaram em conta o quase infinito apetite do homem por distrações.”

“Nunca tantos foram tão manipulados por tão poucos.”

“Os fatos não deixam de existir porque são ignorados.”

“Se a maioria de nós permanece ignorante de nós mesmos, é porque o autoconhecimento é doloroso e nós preferimos os prazeres da ilusão.”

“Ditadores sempre podem consolidar sua tirania por um apelo ao patriotismo.”

“Que os homens não aprendem muito com as lições da história é a mais importante de todas as lições da história.”

“Pelo menos dois terços de nossas misérias nascem da estupidez humana, da maldade humana e daqueles grandes motivadores e justificadores de malícia e estupidez, idealismo, dogmatismo e zelo proselitista em favor de ídolos religiosos ou políticos”

“Onde quer que a escolha tenha sido feita entre o homem da razão e o louco, o mundo seguiu sem hesitação o louco.”

“Haverá, na próxima geração, um método farmacológico de fazer as pessoas amarem sua servidão e produzir ditadura sem lágrimas, por assim dizer, produzindo um tipo de campo de concentração indolor para sociedades inteiras, de modo que as pessoas de fato terão suas liberdades tiradas delas, mas reagirão com prazer.”

Leia também:  O papel de Lord Acton como herói da liberdade

“Sociedades são compostas de indivíduos e são boas apenas na medida em que ajudam os indivíduos a realizar suas potencialidades e levar uma vida feliz e criativa.”

“As instituições democráticas só podem funcionar se todos os envolvidos fizerem o melhor possível para transmitir conhecimento e estimular a racionalidade. Mas hoje, na democracia mais poderosa do mundo, os políticos e os propagandistas preferem fazer absurdos procedimentos democráticos apelando quase exclusivamente à ignorância e irracionalidade dos eleitores.”

“O que eu posso chamar de mensagens do Admirável Mundo Novo, é que é possível deixar as pessoas contentes com sua servidão. Eu acho que isso pode ser feito. Eu acho que isso foi feito no passado. Eu acho que isso poderia ser feito ainda mais efetivamente agora, porque você pode fornecer-lhes pão e circo e você pode fornecer-lhes uma infinidade de distrações e propaganda.”

“Um estado totalitário realmente eficiente seria aquele em que o todo-poderoso executivo dos chefes políticos e seu exército de gerentes controlam uma população de escravos que não precisam ser coagidos, porque amam sua servidão.”

“A maneira mais certa de fazer uma cruzada em favor de uma boa causa é prometer às pessoas que terão uma chance de maltratar alguém. Ser capaz de destruir com boa consciência, ser capaz de se comportar mal e chamar o seu mau comportamento de “justa indignação” – esse é o cúmulo do luxo psicológico, o mais delicioso deleite moral.”

“Uma verdade desinteressante pode ser facilmente eclipsada por uma mentira emocionante.”

“Se os seres humanos fossem de fato membros de uma espécie verdadeiramente social, e se suas diferenças individuais fossem insignificantes e pudessem ser completamente resolvidas por um condicionamento apropriado, então, obviamente, não haveria necessidade de liberdade e o Estado estaria justificado em perseguir os hereges que exigissem isso.”

“Essa preocupação com a condição básica da liberdade – a ausência de restrição física – é inquestionavelmente necessária, mas não é tudo o que é necessário. É perfeitamente possível para um homem estar fora da prisão e ainda não ser livre – não estar sob nenhuma restrição física e ainda ser um prisioneiro psicológico, obrigado a pensar, sentir e agir como os representantes do Estado nacional, ou como algum interesse privado dentro da nação quer que ele pense, sinta e aja.”

“Mas a natureza do universo é tal que os fins nunca podem justificar os meios. Pelo contrário, os meios determinam sempre o fim.”

“Cuidado ao ser muito racional. No país dos loucos, o homem integral não se torna rei. Ele é linchado.”

Leia também:  Sobre o contingenciamento e a regra de ouro

“À medida que a liberdade política e econômica diminui, a liberdade sexual tende a aumentar proporcionalmente. E o ditador fará bem em encorajar essa liberdade … ajudará a reconciliar seus súditos com a servidão que é o seu destino.”

“O mundo é uma ilusão, mas uma ilusão que devemos levar a sério.”

“Todo ídolo, por mais exaltado que seja, acaba sendo, a longo prazo, um Moloch faminto de sacrifícios humanos.”

“O fato mais chocante sobre a guerra é que suas vítimas e seus instrumentos são seres humanos individuais, e que esses seres individuais são condenados pelas monstruosas convenções da política a assassinar ou ser assassinados em brigas que não são suas.”

“Enquanto os homens adorarem os Césares e Napoleões, Césares e Napoleões surgirão e os tornarão miseráveis.”

“O bem é um produto da arte ética e espiritual dos indivíduos; não pode ser produzido em massa.”

“O inferno não é meramente pavimentado com boas intenções; é murado e coberto com eles. Sim, e mobiliado também.”

“O que é melhor – nascer estúpido em uma sociedade inteligente ou inteligente em um mundo insano?”

“Graças às palavras, fomos capazes de nos elevar acima dos brutos; e graças às palavras, muitas vezes afundamos ao nível dos demônios.”

“Grande é a verdade, mas ainda maior, do ponto de vista prático, é o silêncio sobre a verdade. Simplesmente não mencionando certos assuntos … os propagandistas totalitários influenciaram a opinião muito mais efetivamente do que poderiam fazer com as denúncias mais eloquentes.”

“A maioria dos seres humanos tem uma capacidade quase infinita de aceitar as coisas como garantidas.”

“O idealismo é a nobre toga que os cavalheiros políticos lançam sobre sua vontade de poder.”

“Toda civilização é, entre outras coisas, um arranjo para domesticar as paixões e colocá-las para fazer um trabalho útil.”

“… a maioria dos homens e mulheres crescerá para amar sua servidão e nunca sonhará com a revolução.”

“Montados em uma multidão, as pessoas perdem seus poderes de raciocínio e sua capacidade de escolha moral.”

“É um pouco embaraçoso ter estado preocupado com o problema humano durante toda a vida e descobrir, no final, que não se tem mais a oferecer como orientação do que “tentar ser um pouco mais gentil”.”

“Tudo o que é necessário é dinheiro e um candidato que possa ser treinado para parecer sincero. Princípios políticos e planos para ações específicas perderam a maior parte de sua importância. A personalidade do candidato e a maneira como ele é projetado pelos especialistas em publicidade são as coisas que realmente importam.”

“Quase todos nós ansiamos por paz e liberdade; mas muito poucos de nós têm muito entusiasmo pelos pensamentos, sentimentos e ações que promovem a paz e a liberdade.”

Leia também:  Nota oficial: Ministro da Educação

“Os homens sempre foram vítimas de distrações, que são os pecados originais da mente; mas nunca antes foi feita uma tentativa de organizar e explorar as distrações, para fazer delas, por causa de sua importância econômica, o núcleo e o centro vital da vida humana, idealizá-las como as mais altas manifestações da atividade mental. Nossa é uma era de irrelevâncias sistematizadas, e o imbecil dentro de nós se tornou um dos Titãs, sobre cujos ombros repousa o peso do sistema social e econômico.”

“Ironicamente, as únicas pessoas que podem resistir indefinidamente sob o estresse da guerra moderna são os psicóticos. A insanidade individual é imune às conseqüências da insanidade coletiva.”

“A realidade não pode ser ignorada, exceto por um preço; e quanto mais tempo a ignorância persistir, mais alto e mais terrível se torna o preço que deve ser pago.”

“Todas as democracias baseiam-se na proposição de que o poder é muito perigoso e que é extremamente importante não permitir que uma pessoa ou um pequeno grupo tenha muito poder por um tempo muito longo.”

“O homem é único na organização do assassinato em massa de sua própria espécie.”

“A liberdade, como todos sabemos, não pode florescer em um país que está permanentemente em pé de guerra… A crise permanente justifica o controle permanente de todos e de tudo pelas agências do governo central.”

“Ser um tolo no momento certo também é uma arte.”

“Eu estou reivindicando o direito de ser infeliz.”

“Toda civilização é, entre outras coisas, um arranjo para domesticar as paixões e colocá-las para fazer um trabalho útil.”

“Provérbios são sempre platitudes, até que você tenha pessoalmente experimentado a verdade deles.”

“Algo que tinha sido uma única célula, um aglomerado de células, um pequeno saco de tecido, uma espécie de verme, um potencial peixe com brânquias, agitou-se no seu ventre e um dia se tornaria um homem – um homem adulto, sofrendo e desfrutando, amando e odiando, pensando, lembrando, imaginando… O que viveu cegamente nela como um verme parasita olharia para as estrelas, ouviria música, leria poesia.”

“Se alguém não é um sábio ou santo, a melhor coisa que se pode fazer é estudar as palavras daqueles que foram.”

Gostou do texto? Ajude o Instituto Liberal no Patreon!