Reforma política

  […] ninguém favorável à democracia pode ser coerentemente contra a pluralidade de ideologias políticas e de partidos […]. Mas assim como é difícil concebermos 39 ideologias políticas distintas, é difícil concebermos 39 partidos que as representem.”

__  Mario Guerreiro in Contribuições para a Reforma Política

Ajude o Instituto Liberal no Patreon!
Leia também:  Nem nudes e nem conspiração: o que sabemos até agora sobre o “zap zap” de Moro e Dallagnol
Ligia Filgueiras

Ligia Filgueiras

Jornalista, Bacharel em Publicidade e Propaganda (UFRJ). Colaboradora do IL desde 1991, atuando em fundraising, marketing, edição de newsletters, do primeiro site e primeiros blogs do IL. Tradutora do IL.

Um comentário em “Reforma política

  • Avatar
    22/04/2015 em 5:56 pm
    Permalink

    É assim que democratas imaginam que democracia é quando eles mandam na vida dos outros e ditadura é quando os outros mandam na vida deles.
    Ou seja, a idéia de justiça e ética inexiste na cabeça de democratas. Afinal, para estes, a democracia permite tudo. Assim, se os mais votados decidirem escravizar parcelas da população então isso é democratico, se decidirem expropriar em nome do coletivo então a expŕop-riação é democratica. Afinal, numa genuína democracia todas as propostas devem ser analisadas, devendo haver partidos e candidatos propondo qualquer coisa.

    Ôpa! …mas não muitos partidos, afinal não há tantas diferenças ideológicas e as diferenças teóricas ou filosóficas não contam. Assim são os conservadores: ELES SÃO IDEOLÓGICOS!

    O curioso é alguém afirmar que não pode haver 39 partidos diferentes por não haver 39 tipos de eleitores diferentes. Fica parecendo que todas as pessoas se limitam a menos de diferentes grupos de pensamento e portanto que se proiba, democraticamente é claro, o surgimento de partidos e sobretudo que se proiba candidaturas independentes de partidos. Desta forma facilmente se pode controlar os candidatos e mesmo os tais eleitores. Talvez grande parte acredite que deveria existir apenas 2 ppartidos: um de direita e outro de esquerda, seja lá o que isso possa ser. Tal é muito adequado à estupidez das mentes binárias que são quase a totalidade.

    Chegaria ser cômico se não fosse tão trágico alguém fazer tão estúpida alegação. Afinal, formaria-se quantos partidos? O iluminado deveria esclarecer isso. Afinal ele certamente sabe que existem menos de 39 tipos de pensamento político.
    Absurdo mesmo é alguém defender a tal democracia apenas sob partidos e ainda se arvorar sabedor de quantos tipos de idéias os indivíduos possam defender. Pior do que isso é defender que todas as, então limitadas, possiveis opções devessem estar sob o arbítrio das massas ignorantes, estúpidas e safadas de modo que a maioria votando e elegendo canalhas estaria tudo legitimado pela democracia.

    Por esta idéia democrática se teria que ter partidos racistas insuflando ódio racial da mesma forma que há partidos insuflando ódio social (incentivando o ódio de classes).
    – Teriamos quais partidos Óh GRANDE ILUMINADO?
    – Quantos tipos possiveis de pensamento (logo de pessoas) há supremo sábio?

    Socialistas Nazistas, fascistas, bolcheviques, menchevics e trotskistas deveriam estar unidos num único partido?
    Conservadores, kukluxkla, liberais moderados e libertários em um outro?
    Como seria catalogados os socialistas racistas e não racistas? e os conservadores racistas e não racistas? os intervencionistas?

    Eu gostaria que o supremo sábio enumerasse ows tipos de pensamento existentes, ou mais propriamente os tipos de pessoas existentes.
    Também gostaria de saber se deveria haver um partido dos bandidos propondo o fim da idéia de crime participando na democracia.
    Seria permitido democraticamente se propor extermínios? …expropriações? comportamento sexual obrigatório? racismo, sexismo, socialismo e etyc. dentre os muitos antagonismos e propostas de submissão de uns a outros na democracia democrática?

    PQP!!! …PÁRA O MUNDO QUE EU QUERO DESCER!!!!

    É cada buzunta querendo impor sua estreiteza mental a todos democraticaente. Por5 isso a democracia é tão deliciosa: podemos propor todo tipo de proibição e de libertinagem, safadeza, sadismo e etc., tudo isso sob os auspicios da democrática democracia.

    Eta palavrinha porreta essa tal di democracia!!!

    Em nome dela tudo é proposto sem nem mesmo corar. De democratização da midia via controle democrático até a limitação democratica da democracia!!!

    Eita que isso é mesmo uma LAMBANÇA democratica …e tem estupidos que confunde liberdade com democracia.

    Há os democratas que querem eleitos segundo o numero de votos: assim um sujeito com 1 milhão de votos por suas idéias terá o mesmo peso de sujeitos eleitos com 100 mil votos. Um Bolsonaro teria a mesma “representaividade” de um Jean Wilis ou o menos votado da casa. Na verdade os votos do eleito deveriam ter uma relação de peso com os votos recebidos. Quem recebeu 1 milhão de votos, seu voto vale por 10 votos de quem se elegeu com 100 mil votos. …hehehe! Isso jamais será proposto!!!

    Logo logo a palavra liberdade perderá a significância e assim se terá acordos democráticos em vez de livres, direito democratico de expressão em vez de direito a livre expressão e por ai vai. Teremos mesmo uma ditadura democratica ou uma democracia ditatorial bastando para isso suprimir a palavra ditadura substituindo-a por CONTRÔLE: democracia controlada ou controle democratico da democracia …PQP!!! …Não há limite mesmo! Einstein atualmente não teria mais duvida sobre o que pode ser infinito nesse mundo democratico! PQP!!! …PÁRA O MUNDO QUE EU QUERO DESCER!!!

Fechado para comentários.