fbpx

Que sufoco!

Dilma_entrevista_JN_18_08_2014A pobreza das respostas que Dilma Rousseff ofereceu aos telespectadores do Jornal Nacional anteontem não é fruto do acaso de um dia infeliz na vida da presidente Dilma.

É isto o que você e milhões de telespectadores assistiram. Não é um problema de retórica.

A sua conhecida dificuldade de alinhavar frases foi extraordinariamente ampliada em um universo de milhões de expectadores.

Dilma não é uma revolucionária. Ela não tem nem estofo nos princípios que lhe garantam um mínimo de coerência. Diriam seus aliados que Dilma reflete as dificuldades dos cidadãos comuns quando o auditório excede o diálogo.

Verdade seja dita que, na próxima eleição, ela ainda contará com a verve, a irresponsabilidade de Lula e a baixa compreensão da maior parte dos brasileiros.

Talvez seja até capaz de dizer com um mínimo de sinceridade que a Justiça não foi correta com os mensaleiros. Zé Dirceu ainda é seu ídolo.

[divide]

Veja também:

Entrevista Dilma Jornal Nacional

A presidente no sufoco

 

imagem: Dilma Rousseff em entrevista ao JN (Reprodução/TV Globo)

links atribuídos pela Editoria