fbpx

Principais insights a partir da leitura de autores consagrados

Em As seis lições, de Mises, compreendi os conceitos fundamentais para uma economia livre. Ele luta contra o socialismo e o estado fora do seu papel fundamental de prover segurança. Para enfrentar tal cenário, Mises nos sugere: “Ideias, somente ideias, podem iluminar a escuridão.”

Refletindo sobre o seu estilo de convivência baseado em quem confiar em tudo na vida, Nassim Taleb, na obra Arriscando a própria pele, apresenta um conceito simples e de alto impacto: confiar somente em quem coloca a pele em risco. Além dele, são citados vários exemplos que nos levam à reflexão, dentre eles as minorias intolerantes.

Justiça, de Michael Sandell, também discute alguns dilemas presentes e nos coloca em constante profunda reflexão ao longo da leitura. O mais interessante na leitura foi não abrir mão dos meus valores ao pensar em cada um deles.

Partindo para conhecer o liberalismo, O que é liberalismo, por Donald Stewart Jr., apresenta o histórico e os conceitos do liberalismo. Pude ver o quanto a socialdemocracia atrasou nosso país. Em 1995, o autor escrevia: “precisamos fazer a reforma fiscal, tributária, previdenciária(…).”

Pragmatismo na resolução dos diversos problemas sociais é a principal característica que absorvi de Milton Friedman em Capitalismo e liberdade. É uma jornada a ser percorrida para a liberdade e existem temas com muitas variáveis que demandam soluções isoladas.

John Locke, em Segundo tratado sobre o governo civil, conta que temos direitos individuais anteriores ao estado, o qual serve para garantia da preservação destes. O que mais me marcou foi a ideia do “poder paterno”, qual meu papel, deveres e responsabilidades.

Mario Llosa explica, na obra O chamado da tribo, como se constrói o pensador liberal através das mais variadas vertentes opinativas. Levou-me à reflexão sobre quais autores irei priorizar ao longo do meu próprio desenvolvimento.

Os erros fatais do socialismo, de F. A. Hayek, nos expõe que o socialismo não só é um sistema econômico que gera pobreza – ele mata. O autor nos mostra como refutá-lo em sua obra. O conceito mais forte é o do conhecimento disperso na sociedade que inviabiliza qualquer tentativa de planejamento central.

Já em cima do dia a dia empresarial, Paixão por vencer, de Jack Welch, é um livro atemporal do ponto de vista de gestão, de linguagem simples e com muitos aprendizados extraídos da experiência do autor. Sempre o consulto quando estou passando pelas situações descritas.

Como as gigantes caem, de Jim Collins, mantém a abordagem de gestão e é uma análise sobre como as empresas fracassam. A metodologia ajuda na identificação, no gerenciamento e no controle de riscos, às vezes “invisíveis”. Utilizei para gerar a matriz de riscos do meu setor de trabalho.

Em complemento, Zook e Allen, em O poder dos modelos replicáveis, apresentam as principais características de empresas de sucesso: simplicidade, core adequado e a capacidade (e velocidade) de mudança. O poder dos valores, proximidade com o CEO e o processo de feedback foram bons insights.

Ainda nesta linha de gestão, o que escrever de uma obra que não tem final? Steve Jobs, por Walter Isaacson, conta uma história que deixa um legado para a humanidade. Jobs tem foco em conquistar o “impossível” e, assim, me inspira na busca de meus objetivos.

Por fim, li a obra A nascente, escrita por Ayn Rand.  A autora apresenta sua filosofia por meio de um romance que põe de um lado o indivíduo com o seu egoísmo racional e, do outro, o altruísmo, do “bem maior” em dois extremos e o seu antagonista, o coletivismo. A leitura desse livro foi uma experiência profunda e revolucionária na forma como passei a agir em, literalmente, todos os aspectos da minha vida.

*Artigo publicado originalmente no site do Instituto Líderes do Amanhã por  Felipe Fernandes de Oliveira. 

Instituto Liberal

Instituto Liberal

O Instituto Liberal é uma instituição sem fins lucrativos voltada para a pesquisa, produção e divulgação de idéias, teorias e conceitos que revelam as vantagens de uma sociedade organizada com base em uma ordem liberal.

Deixe uma resposta