fbpx

O sonho de Elon Musk de modelar o futuro

O livro Elon Musk: Como o CEO bilionário da SpaceX e da Tesla está moldando o nosso futuro foi escrito pelo jornalista Ashlee Vance e publicado em 2015. Atualmente, nossa civilização já conta com uma série de novos feitos de Elon Musk pendentes de atualização na obra. Ashlee optou por abordar toda a trajetória de Musk, desde a turbulenta infância, o divórcio, os anos na Universidade até os empreendimentos de sucesso e os desafios da inovação.

As contribuições de Musk nas indústrias espacial, automotiva e energética são inquestionáveis e remontam à época da graduação, em que já desenvolvia estudos com novas soluções para esses mercados e acreditava em uma revolução. A primeira empresa de Musk, a Zip2, terminou em sucesso com a venda após 4 anos de fundação pelo valor de 307 milhões de dólares. Tratava-se de um aplicativo de avaliação de estabelecimentos locais, uma tecnologia desenvolvida internamente e precursora dos mapas de geolocalização que conhecemos hoje.

Do valor total de venda, Musk recebeu 22 milhões de dólares e investiu quase tudo em seu negócio seguinte: a empresa que viria a se tornar o Paypal. Desde a época de fundação da Zip2, Musk já falava sobre seu sonho de abrir um banco na internet com todos os serviços possíveis, desde conta concorrente até investimento de forma digital. A ideia de Elon era de que a transição do sistema financeiro para o mundo online era inevitável.

O Paypal foi um dos grandes sucessos da bolha pontocom, tendo formado várias personalidades do Vale do Silício que, mais tarde, desenvolveram suas próprias empresas. Apesar de todo o sucesso do Paypal, a participação de Musk na empresa foi controversa. Sua liderança foi questionada, viveu um momento de muitas desavenças e discordâncias. Saiu de lá com a imagem prejudicada perante a mídia.

Depois da saída do Paypal, Musk não descansou e, mais uma vez, investiu quase toda a fortuna feita nos empreendimentos seguintes: Space X, Tesla e SolarCity. Fica evidente que o interesse de Elon vai muito além da fortuna: ele quer remodelar o futuro. Elon tem propósito, no sentido mais simples da palavra: tem um objetivo claro e o persegue numa busca incansável, doa a quem doer, custe o que custar.

O início da trajetória da SpaceX foi marcado por muito estudo e descoberta. Musk nada sabia sobre a indústria aeroespacial e foi buscar referências mundo afora. O interesse por esse setor remonta à infância de Elon, marcada por seu fascínio pelo espaço. A ideia de Musk é criar uma revolução na indústria aeroespacial, baratear os custos de viagens espaciais e lançamentos de foguete por meio da tecnologia. O modelo de negócio da SpaceX ainda não é muito claro: o que se sabe é que o objetivo de Elon é levar o homem a Marte.

Os avanços da SpaceX colocam os Estados Unidos no mapa global da indústria aeroespacial, com potencial de competir com a China. Apesar da relevância da empresa, a trajetória foi turbulenta. No início, a SpaceX realizou uma série de lançamentos de foguete sem sucesso e não cumpriu prazos programados. Até que em 2012, Elon conseguiu enviar uma cápsula para a Estação Espacial Internacional e trazê-la de volta à Terra intacta. Nesse momento, a visão de futuro de Musk voltou aos holofotes e começou a chamar atenção da mídia.

Os outros dois negócios de Musk, Tesla e SolarCity, têm relação com a crença de Elon em energias renováveis. A Tesla desenvolve carros elétricos e autônomos e a SolarCity desenvolve painéis de energia solar.  Assim como as outras empresas de Musk, a Tesla e a SolarCity foram criadas muito mais por propósito, ou seja, pela crença de Elon no setor de energias renováveis, que remonta a seus tempos de graduação, que por mera oportunidade de negócio. A Tesla revolucionou a indústria automotora com a invenção do carro elétrico e hoje desenvolve o carro autônomo, a próxima promessa de Elon. Contudo, a empresa não foi sempre um sucesso, quase faliu e precisou de muito investimento externo para continuar de pé e ser devidamente estruturada.

Elon é um filho de sucesso da bolha potocom da década de 90. Diferentemente de vários empreendedores da época, que apenas especularam e não prosperam, Elon venceu e criou duas empresas de sucesso comprovado: Zip2 e Paypal. Hoje o sonho é maior: modelar o futuro, nas indústrias aeroespacial, automotiva e de energia solar. Musk, assim como Jobs e outros grandes nomes do Vale do Silício, age movido por uma visão de mundo, por um sonho, por aquilo em que acredita. Nas palavras do autor e jornalista Ashlee Vance: “O que ele desenvolveu, e que falta a tantos empreendedores do Vale do Silício, é uma visão de mundo com um significado. Ele é o gênio possuído na maior busca que alguém já levou a cabo. É mais um general posicionando tropas para assegurar a vitória do que um CEO perseguindo a riqueza.”

*Artigo publicado originalmente no site do Instituto Líderes do Amanhã por Anna Luiza Cabral Guerzet.

Instituto Liberal

Instituto Liberal

O Instituto Liberal é uma instituição sem fins lucrativos voltada para a pesquisa, produção e divulgação de idéias, teorias e conceitos que revelam as vantagens de uma sociedade organizada com base em uma ordem liberal.