O Brasil pulsa

gazeta povo(…)

Há meses descrevi nesta mesma Gazeta a estrutura do impeachment para demonstrar que o processo já estava em curso, independentemente dos protocolos do Congresso e da Justiça. Nem todos se dão conta, mas as manifestações populares contra o governo Dilma ocorrem desde o segundo semestre de 2014, o que comprova a maturidade e solidez do componente social necessário ao processo de afastamento da presidente.

No momento inicial das manifestações a estrutura política não dava mostras de que viria a fazer parte dessa sustentação, mas a situação atual é completamente diferente. A realidade da crise econômica catastrófica e a pressão popular arrastaram a política para o processo. No Congresso Nacional, o governo Dilma perde apoio a cada dia, ao ponto de até parlamentares petistas reconhecerem que o governo não tem a força necessária para aprovar reformas por ele desenhadas. O que está implícito nisso é: se o governo não tem forças para aprovar nada, ou seja, mover-se, o governo está prestes a morrer.

A política e as ruas são alimentadas pelos fatos.

Texto publicado na edição impressa da Jornal Gazeta do Povo do dia 12 de março de 2016, para ler na integra basta neste link.