Entenda a diferença entre a esquerda e os liberais

Para encerrar qualquer insinuação de que liberais têm as mesmas pautas que a esquerda no campo dos costumes, eu declaro que os liberais defendem os direitos da menor minoria que existe, ou seja, o indivíduo.

A esquerda defende privilégios para algumas minorias eleitas por ela. A esquerda não defende direitos individuais universais como os direitos à vida, à liberdade, à propriedade e à busca da felicidade.

Os liberais são movidos pela ética do individualismo e a esquerda é movida pela ética do coletivismo. Além disso, os liberais são a favor da existência de um governo limitado à defesa dos direitos individuais.

Enquanto a esquerda é a favor de um governo intrusivo e violento que suprime os direitos individuais, característica necessária e indispensável para que privilégios possam ser estabelecidos.

Liberais são pelo estado de direito e a esquerda é pelo estado autoritário. Liberais se opõem ao coletivismo estatista, no que, por sinal, estão sozinhos, já que conservadores e esquerdistas não se furtam de querer o estado se intrometendo na vida particular das pessoas para impor suas crenças e seus dogmas.

Um liberal na política é como um náufrago no meio do oceano. Se não se agarrar nos seus princípios, ele afunda. Os princípios são para um liberal o que uma boia é para um náufrago, um salva-vidas. Abandone seus princípios e o oceano te engolirá. Abandone sua boia e a política te devorará.

Gostou do texto? Ajude o Instituto Liberal no Patreon!
Leia também:  Eu apoiava Amoêdo, agora apoio Bolsonaro