fbpx

Até tu, Brutus?!

Renan_Calheiros_wikipedia_05_03_2015A expressão usada pelo imperador César, ao constatar a traição de seu até então amigo e aliado Brutus, bem poderia ser utilizada por Dilma Rousseff para qualificar as ações de Renan Calheiros.

O ex-diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, em delação premiada, “entregou” o presidente do Senado como beneficiário de uma propina oriunda da Diretoria de Abastecimento.

O loteamento dos cargos da diretoria da maior estatal do País envolve um risco extremamente perigoso que evidencia a insuficiência do “teto” de corrupção de 3% nas operações comerciais. Essa forma de produzir propina foi agravada por Renan Calheiros que há muito tempo “explora” a estatal.

Alguns anos atrás, ele foi denunciado por corrupção, tendo tentado explicar seu crescimento patrimonial através de uma expansão de seu rebanho de gado leiteiro.

Renan Calheiros, apesar de todo esse passado nefasto, continua a ser o 4º homem na hierarquia para ocupação da Presidência da República. Fica claro que o País está realmente muito mal servido na esfera de homens públicos.

Renan, “candidato” a uma eventual Presidência, é absolutamente inaceitável.

[divide]

Veja a cronologia do:

Caso Renan Calheiros

Veja também:

Renan cobra blindagem do Planalto para ficar no cargo

links atribuídos pela Editoria; imagem: Wikipédia