1ª Conferência IL: a celebração de uma história

O Instituto Liberal, fundado por Donald Stewart Jr. em 1983, é o mais antigo e tradicional dos institutos criados pelo Brasil para difundir as ideias do espectro do liberalismo. Embora produto da coragem e da ousadia de seu fundador e dos empresários e intelectuais pioneiros de que se cercou, tendo realizado ciclos de debates e organizado pequenos colóquios ou cooperado com eventos como os do Liberty Fund, em 36 anos de história o IL ainda não tinha organizado a sua própria Conferência, com seu nome e a sua marca.

Depois de quatro anos praticamente ininterruptos como colunista dessa casa que me acolheu, publicou meus textos desde o princípio, sendo o pontapé inicial à minha breve trajetória, recebi no fim do ano passado o convite para assumir a presidência da Diretoria Executiva com profundo senso de responsabilidade e desejo de retribuir tudo que o IL me ofereceu. Se hoje tenho dois livros publicados, já viajei por diversos estados para defender ideias e conheço gente que jamais imaginaria conhecer, devo isso ao IL. Entre as minhas resoluções, estava a de dar esse passo e organizar sua primeira conferência na História, no esforço de trazer o peso de seu emblema novamente à vida real no Rio de Janeiro.

Leia também:  Brasil e OCDE: trapalhadas, remendos e duas eleições fulminantes

Foram alguns dias relativamente estressantes para um marinheiro de primeira viagem. Sem a inestimável ajuda de meu pai, Zequinha Gomes, do meu vice e diretor jurídico Mauricio Martins, dos amigos e jovens idealistas João Henrique F. VieiraAndre OliveiraJean FariasFernando Motta e outros que compuseram o staff do evento e cooperaram profundamente na reta definitiva da organização, não teríamos tido um resultado satisfatório.

A conferência, que precisou ser realizada no inabitual dia de domingo, foi um sucesso. Com público bom, diversificado, interessado e constante do início ao fim, ao longo de dez horas de encontro, prestamos a merecida homenagem aos nossos fundadores e pioneiros, em especial ao próprio Donald Stewart. Foi particularmente tocante constatar quantas pessoas, além dos conhecidos e amigos de velha data, estavam interessadas em travar contato com esse desbravador do liberalismo brasileiro contemporâneo, comparecendo à sessão especial do documentário que sua filha Ana dirigiu sobre o pai e gentilmente cedeu para essa exibição e tributo.

Leia também:  Olavo de Carvalho e o "piece of cake"

Preciso agradecer imensamente a todos os conferencistas, todos os palestrantes, em especial ao deputado Marcel van Hattem, que voou após operar o pé, depois de um dia de muita dor, para fazer jus ao compromisso que havia assumido, um sacrifício que não é feito por qualquer um. Agradeço também especialmente ao Alex Catharino, que se encarregou de abordar a contribuição dos ícones históricos do Instituto Liberal, que nos têm muito a ensinar, e também ofereceu seus préstimos e conselhos para fazermos desse dia uma vitória.

Um abraço para Rodrigo Constantino, que fez sua palestra em vídeo, para Roberto RachewskyPaulo Emílio de MacedoRoberto Motta, Arthur do Val, Rafael Oliveira e Luis Phillipe de Orleàns, que subiram ao palco para abrilhantar esse momento. Outro abraço afetuoso e emocionado para todos aqueles que participaram, se envolveram, demonstraram entusiasmo com o resultado e nos parabenizaram pelo desfecho, desejosos de que haja outros eventos similares.

Leia também:  O Pensamento de Frédéric Bastiat

Poucas coisas nos deixam mais felizes que o justo desfecho de um bom e árduo trabalho. O IL merece ser celebrado com respeito e qualidade e tenho imensa honra por poder tornar essa verdadeira celebração uma realidade.

Lucas Berlanza

Presidente da Diretoria Executiva do Instituto Liberal

Ajude o Instituto Liberal no Patreon!