Donald Stewart Jr

Galeria dos Autores Liberais – Donald Stewart Jr.: 1931-1999 Engenheiro civil, empresário, intelectual, Donald Stewart Jr. criou o Instituto Liberal em 1983 com o apoio de um pequeno número de amigos do Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre. Presidiu o Conselho de Mantenedores em diversos períodos. Após a criação do IL do RJ, […]

Galeria dos Autores Liberais – Donald Stewart Jr.: 1931-1999

Engenheiro civil, empresário, intelectual, Donald Stewart Jr. criou o Instituto Liberal em 1983 com o apoio de um pequeno número de amigos do Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre. Presidiu o Conselho de Mantenedores em diversos períodos. Após a criação do IL do RJ, mais sete instituições análogas foram inauguradas em seis estados e no Distrito Federal.

A iniciativa da criação do nosso primeiro IL se deveu à percepção de Donald da necessidade de se divulgar no País, de maneira sistemática, o pensamento liberal, como alternativa à avassaladora presença das idéias estatizantes em nosso meio, principalmente nas escolas, na mídia e no mercado livreiro.

A alternativa liberal chegou ao Donald após a leitura de Mises e Hayek, os dois austríacos que tanto fizeram em prol da liberdade individual. A iniciativa de criar o IL do RJ foi inspirada em diligência idêntica do empresário inglês Anthony Fisher, que fundou em Londres, por sugestão de Hayek, o Institute of Economic Affairs. Criado em 1955, o IEA viria a ter muita influência no governo da Sra. Thatcher. Fisher confidenciara a Hayek que desejava fazer algo pela liberdade em seu país e para tanto pensava em militar na política partidária. “Não”, aconselhou-o Hayek, “a sociedade só mudará de rumo se houver mudança no campo das idéias. Primeiro você tem que se dirigir aos intelectuais, professores e escritores, com uma argumentação bem fundamentada. Será a influência deles sobre a sociedade que prevalecerá e os políticos seguirão atrás.” Foi o que fez então Tony Fisher, incentivando Donald a seguir-lhe os passos.

Assim surgiu o IL do RJ, com o propósito original de publicar obras de inspiração liberal em português e o objetivo complementar de divulgar o pensamento liberal por meio de palestras, seminários, pesquisas e estudos. O Instituto Liberal já publicou mais de 80 livros e uma grande quantidade de folhetos, panfletos e estudos setoriais, além da carta periódica NOTAS que se destina à análise de projetos de lei. O próprio Donald se envolveu nesse afã publicitário, a despeito do pouco tempo que lhe restava das suas atividades empresariais: traduziu para o nosso idioma as novecentas páginas do livro Ação humana, de Mises, escreveu O que é o liberalismo?, A organização da sociedade segundo uma visão liberal, o ensaio A lógica da vida, e seu último trabalho, uma tradução comentada de Intervencionismo – uma análise econômica, de Mises.

O ativismo liberal de Donald no Brasil era conhecido e admirado no exterior, fato que o levou a associar-se a várias organizações de âmbito internacional, como a Mont Pèlerin Society, o CATO Institute, a Heritage Foundation, a Atlas Foundation, o Fraser Institute, o Liberty Fund e o Institute of Economic Affairs. Donald mantinha ainda relações freqüentes com instituições liberais latino-americanas na Argentina, Chile, Peru, Venezuela, México e Guatemala.

Donald era apaixonado pela música popular brasileira e pelo hipismo. Foi ávido consumidor da primeira e laureado competidor na segunda atividade, tendo chegado a ser campeão brasileiro de adestramento.

Ele sempre acabava conseguindo arranjar tempo para cada uma de das suas paixões, inclusive a mais importante delas, que era a sua família. 

Donald Stewart Jr. faleceu no Rio de Janeiro em 3 de novembro de 1999.

Textos de Donald Stewart Jr.:

Graves erros de grandes empresários

Gostou do texto? Ajude o Instituto Liberal e Pereira Rodrigo Ramiro no Patreon!