Um pouco de compostura

Eduardo_Paes_-_2008Há gente – e não é pouca – que confunde informalidade com falta de seriedade. A busca incessante do engraçado, da piada e das brincadeiras parece ser uma das características dominantes do prefeito Eduardo Paes. Ele foi ou é bem educado formalmente, mas não tem limites para a graça descabida ou a resposta histriônica.

Foi um desses episódios o que ocorreu quando ele fez alguns comentários em resposta à reação da delegação da Austrália sobre as más condições das instalações olímpicas:

“… Estou quase botando um canguru na frente para pular na frente deles.”

Ele comentou a qualidade das instalações da Vila Olímpica justificando os problemas com infelizes comparações, ao invés de explicar que pequenos ajustes poderiam ou deveriam ser feitos.

Paes zombou dos australianos quando deveria simplesmente informar que os ajustes nas instalações seriam feitos sem maiores demoras. A brincadeira poderia ter sido substituída por um pedido de desculpas. Sabidamente, Paes não é um cidadão educado, embora tenha cursado os melhores colégios da Zona Sul do Rio.

Não é preciso nivelar por baixo a busca de popularidade. Um pouco de compostura está fazendo grande falta ao Prefeito de uma cidade supostamente bem educada. Está faltando compostura.

Imagem: Wilson Dias/ABr – Wikipédia