Temer deveria exonerar a inigualável Luislinda Valois

É inevitável deduzir que nossos padrões de exigência, diante do nível de nossas figuras públicas e dos escândalos colossais que temos presenciado, estão baixos demais. O mínimo do mínimo que se poderia esperar daqueles que ocupam funções de governo seria que não insultassem o povo sobre o qual exercem seus mandatos e cargos. Diante disso, […]

Leia mais

A esquerda sempre fracassa, pois é movida por ideologias fictícias

A esquerda não pode “estar no poder”. Esta não funciona, retoricamente, fora de uma oposição, seja real ou imaginária; os “gritos” pela ordem, pela democracia, pelo poder, pela mudança, funcionam muito melhor quando não se está no poder – e isto é uma característica que transcende as noções de esquerda e direita, contudo, a dependência […]

Leia mais

“O evangelho do barão”: um reencontro entre Rio Branco e o Brasil

Quando as referências escasseiam, toda iniciativa de resgate dos grandes é motivo de júbilo. Em especial quando se trata da diplomacia e das relações internacionais – expediente fundamental no esforço de tornar o mais harmonioso possível o contato entre as diferentes nações, reduzindo o recurso ao arbítrio e à força bruta, invariavelmente desinteressante, mesmo quando […]

Leia mais

Eduardo Bolsonaro conversa sobre economia com liberais

Eduardo não é Jair Bolsonaro. Mas o filho do pré-candidato vem tentando se aproximar de economistas mais liberais, tendo ele mesmo feito um curso sobre Escola Austríaca pelo Instituto Mises Brasil (aos interessados no tema, de grande relevância, aviso que vou lançar em breve um curso de introdução à Escola Austríaca pelo Instituto Liberal também). O esforço […]

Leia mais

Quando a semântica pode custar a liberdade

legítimo adjetivo 1. fundado e amparado em lei; legal. 2. ditado, justificado, explicado pelo bom senso, pela razão; justo, razoável. Não são poucas as pessoas que acham que é suficiente para algo ser legítimo, que aquilo seja legal. Esse é um erro conceitual importantíssimo quando vivemos numa sociedade que se espera seja regida por leis. […]

Leia mais

A demografia perversa: (primeira parte)

Este artigo é resultado de uma palestra proferida perante o Conselho Técnico da CNC em 31/10/2017: I – INTRODUÇÃO Alerto que vamos, hoje, transitar por tema delicado. Em tempos atuais, a ciência, a busca da verdade dos fatos, tem se curvado à ditadura do politicamente correto. Somos, em razão de gênero, etnia, origem social, nacionalidade […]

Leia mais

O dia em que sofri extorsão oficializada

Por volta de 1982, quando eu ainda estava ativo no mercado financeiro, constituí uma empresa de Factoring Comercial e a registrei na Junta Comercial do Rio de Janeiro. O fato essencial é que a dita sociedade nunca funcionou ou foi ativa, não teve, jamais, qualquer receita, ou sequer emitiu uma única nota fiscal. A partir […]

Leia mais

O STF é um paraíso para criminosos: veja os dados

Desde 2014 a Lava Jato, maior investigação de corrupção da história brasileira, aparece no noticiário revelando esquemas espúrios envolvendo funcionários da Petrobras, políticos dos maiores partidos do Brasil e empresários de grandes empresas brasileiras. Entrementes, de nada adianta apenas investigação caso grande parte dos mentores, beneficiários do conluio e demais participantes não estejam condenados e […]

Leia mais

Ciro Gomes: falso patriota, verdadeiro vendido

Aquilo que Gustavo Corção chamava de “patriotismo” (e Roberto Campos de “nacionalismo de fins”) não pode ser confundido com o que o próprio Corção chamava de “nacionalismo” (e Campos alcunhava “nacionalismo de meios”). Esta é, no entanto, uma confusão recorrente no Brasil, desde Getúlio Vargas. Associando a experiência de pertencimento e apreço pela pátria a […]

Leia mais

“Esquerda democrática”, no Brasil, é igual o conto da “meio grávida”

Direita e esquerda, historicamente, não possuem passados lá muito vistosos; na história política do século XX, esquerda e direita não foram muito generosas com a democracia e com a humanidade num geral. E, justamente por isso, antes de se autodenominar em algum desses espectros políticos, as pessoas devem estar muito bem resolvidas com as suas […]

Leia mais

A revoada dos tucanos confusos: quem és tu, PSDB?

No final de setembro, o Partido Novo recebeu uma notícia alvissareira – e, ao mesmo tempo, o PSDB sofreu grande baque simbólico. Gustavo Franco, ex-presidente do Banco Central, economista profundamente identificado com o Plano Real e a herança da estabilização econômica dos governos Itamar Franco e FHC, estava assumindo a presidência da fundação da jovem […]

Leia mais

O que é necessário para se formar uma sociedade de homens livres? (Primeira parte)

O Brasil atravessa uma fase cultural muito penosa e verdadeiramente inócua em algumas áreas, dias sombrios de corrupção, violência e desemprego, unido a uma incapacidade de reação contra tais problemas. E, se formos eleger um fator primordial para tal incapacidade de reação, sem demora poderíamos eleger a nossa educação pífia e ineficiente como causa primária; […]

Leia mais

O que é necessário para se formar uma sociedade de homens livres? (Segunda parte)

Se você ainda não leu a primeira parte clique aqui. Dessa forma, para Frye, a linguagem científica vai à poética e a poética à científica, gerando assim uma composição linguística cíclica dependente de ambos os pilares. Tal realidade linguística não é composta de um dualismo auto-excludente, mas sim duas camadas que vivem se ajustando e […]

Leia mais

A fracassomania dos igualitários

Não pensem que idiotices educacionais, como o famigerado método Paulo Freire, é exclusividade tupiniquim. Idiotas existem em qualquer parte do planeta, inclusive nos países mais desenvolvidos. A diferença é que, n’outras plagas, a estupidez não tem tanto espaço como em Pindorama, onde muitas vezes ela acaba se transformando em política de Estado, com consequências catastróficas […]

Leia mais

Análise jurídica sobre Caetano Veloso e as acusações de estupro e pedofilia

Particularmente, eu não estava interessado no caso Caetano Veloso até Reinaldo Azevedo publicar em seu blog um artigo defendendo que o cantor brasileiro não se enquadra no conceito de pedofilia ou de quem cometeu estupro. Fiquei interessado, pois atuo na área e conheço a perspectiva jurídica sobre pedofilia e crime. Caetano Veloso é pedófilo? Tenho quase […]

Leia mais

Por que os brasileiros estão adotando cada vez mais a educação domiciliar?

A despeito da insegurança jurídica, da falta de bom conteúdo em português sobre as diferentes metodologias de homeschooling e dos muitos mitos sobre, entre 2013 e 2016 a quantidade de praticantes de educação domiciliar no Brasil dobrou, passando de 2 mil para 5 mil famílias. A pesquisadora americana Isabel Lyman descobriu haver vários motivos para […]

Leia mais

Por favor, critique o seu candidato!

Entre os dias 8 e 14 de outubro, Jair Bolsonaro, provável candidato à Presidência da República, esteve em viagem nos Estados Unidos, divulgando suas ideias. A intenção anunciada era desfazer qualquer imagem preconcebida de que ele seria um defensor de ideias desenvolvimentistas e estatizantes, à moda de muitos dos governos do regime militar. Ainda no […]

Leia mais

Como lidar com os dogmas, utopias e falácias que afetam o funcionamento da razão?

Temos que reconhecer que o processo evolutivo nos conferiu uma máquina orgânica impressionante. Fomos sendo dotados, ao longo de milhões de anos, de um hardware extraordinário constituído de gordura, fibras e outras substâncias eletroquímicas, cujo propósito é rodar uma espécie de software chamado razão que é capaz de resolver nossos problemas existenciais, sejam eles simples […]

Leia mais

Por que a esquerda ignora a responsabilidade individual?

Rodrigo Constantino publicou em seu blog que um negro teria agredido um branco por este ter, segundo ele, justamente por ser branco e ao menos indiretamente, contribuído pela transformação de sua avó numa escrava. Em outra oportunidade, um rapaz segura um cartaz pedindo desculpas por vários atos e transtornos que as mulheres teriam sofrido também […]

Leia mais

Por que o estado monopoliza a educação?

É comum discursos totalitários serem vendidos e transmitidos como boas intenções. Um dos melhores exemplos é a regulação da educação pelo Estado, seja pela obrigatoriedade do ensino, pelo controle de grade curricular ou pela proibição da educação domiciliar. Pesquisar as origens da educação compulsória nos leva à Grécia Antiga. Em Esparta, as crianças eram consideradas […]

Leia mais

Hipocrisia e Arte: Narciso acha feio o espelho

“Ai de vós, doutores da Lei e fariseus, hipócritas! Porque sois parecidos aos túmulos caiados: com bela aparência por fora, mas por dentro estão cheios de ossos de mortos e toda espécie de imundície! Assim também sois vós: exteriormente pareceis justos ao povo, mas vosso interior está repleto de falsidade e perversidade.” Mateus 23:27,28 Nas […]

Leia mais

“A Corrupção da Inteligência”: brilhante documento de uma época sombria

A maneira mais honesta de iniciar uma apreciação crítica da obra de estreia do antropólogo Flávio Gordon, A Corrupção da Inteligência: Intelectuais e Poder no Brasil, vinda à luz pela editora Record, é constatar que não houve exagero algum na empolgada recepção que recebeu. Não fazemos mais do que expressar a realidade ao dizer que […]

Leia mais