A diferença entre Edward Snowden e Glenn Edward Greenwald

Edward Snowden e Glenn Edward Greenwald só têm em comum a nacionalidade americana e um dos seus nomes próprios. Nada mais.

Snowden é um herói! Agiu para proteger o indivíduo comum do autoritarismo do estado hobbesiano ao denunciar as violações que a NSA, agência de segurança do governo, praticava contra a privacidade de milhões de cidadãos americanos e também de dezenas de governantes estrangeiros durante a administração do presidente Barack Obama.

Sua ação, ainda que considerada ilegal, é moralmente defensável.

Já Greenwald é um embusteiro. Um espião forasteiro que ousou violar a privacidade, invadir propriedade privada, roubar informações e mensagens trocadas por agentes do estado brasileiro quando combatiam criminosos sorrateiros que se apropriaram das instituições para enriquecerem de forma ilícita e para se perpetuarem no poder.

Leia também:  O Instituto Liberal apoia a Reforma da Previdência e deixou sua assinatura na iniciativa “Apoie a Reforma”

Greenwald praticou espionagem contra o governo brasileiro a serviço do mal.

Snowden denunciou a espionagem praticada pelo seu próprio governo que violava direitos.

Nos Estados Unidos, Snowden acabou no limbo do ostracismo, teve que fugir de seu país, porque passou a ser considerado inimigo do estado.

No Brasil, Greenwald, um espião estrangeiro, virou celebridade, é paparicado pela mídia, pela esquerda e pelos idiotas que acham que a lava-jato é um erro.

Como diz Edu Voss, não há outro nome para se dar a essa República das Bananas a não ser Banania.

Leia também:  E se os políticos deixassem de existir no Brasil?

Ajude o Instituto Liberal no Patreon!
Roberto Rachewsky

Roberto Rachewsky

Empresário e articulista.